QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

A alma diferente


O Mundo ainda não aprendeu a lidar com os seres humanos diferentes.Diferente é quem foi dotado de algo mais ou de algo menos,em hora,momento e lugar errado.

Para os outros,que não compreendem e pressupõe impossibilidades totais em se ser assim.Têm medo de não saberem como se comportar no encontro com os diferentes.

O diferente é um ser com a alma sempre mais perto da perfeição.Nunca é inexpressivo.Ao contrário,estar junto dele é,sempre,profundamente enriquecedor.Mas,é sempre ignorado por pessoas menos sensíveis e avisadas.

Supondo encontrar um esquisito onde está um diferente,talentos são rechaçados;vitórias são adiadas;esperanças são mortas.Um diferente medroso,este sim acaba,tentando ser ignorado.

O diferente começa a sofrer cedo,pois todos os demais,iguais,pensam eles,por omissão,se unem para transformar o que é peculiaridade em aleijão e caricatura.O que é percepção aguda em "puxa,como fulano é complicado".O que é embrião de um estilo próprio em "você está vendo como todo mundo faz?".

O diferente carrega desde cedo apelidos e carimbos nos quais acaba se transformando.

Diferente é o que chora onde outros xingam;quer onde outros cansam;espera,de onde já não vem;sonha entre realistas;concretiza,entre sonhadores;cria,onde o hábito rotiniza;perde horas em coisas que só ele sabe importantes;diz sempre na hora de calar;cala sempre nas horas erradas;aprendeu a superar o riso,o deboche,o escárnio e a consciência dolorosa de que a média é má porque é igual;sente antes dos demais começarem a perceber;se emociona enquanto todos em torno agridem.

A alma dos diferentes é feita de uma luz além.A estrela dos diferentes tem moradas deslumbrantes que eles guardam para os poucos capazes de os sentir e entender.Nestas moradas estão os maiores tesouros da ternura humana de que só os diferentes são capazes.

Jamais diminuam os sentimentos de um diferente.Ele é sensível demais para ser conquistado sem que haja consequência com o ato de conquistar.


Arthur da Távola,postado por Sonia Regina.


*********************************************************************************

SOMOS TODOS MARAVILHOSAMENTE DIFERENTES!!!