QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Letícia,minha amiga,minha irmã...


Há dias em que amanhecemos de mal com a vida. Nestes dias nem deveríamos sair de casa!Permaneceríamos isolados para não correr o risco de magoar ninguém, que dizer então de magoar amigos?

Aconteceu comigo há alguns dias atrás : confesso que andava um pouco azeda, sem sequer saber porquê, e por conta desse azedume magoei pessoa incrível e de quem gosto muito !

O pior de tudo é que sequer percebi o que havia feito e só vim a saber do estrago que causei a um coração do tamanho do mundo ontem, assim, de repente.

Frequento um grupo de mães, todas com filhos especiais, o que não nos impede de rir muito, conversar bobagens e seriedades, falar mal dos maridos, tomar chazinho, tudo isto enquanto esperamos nossos filhos executarem suas atividades.

A Letícia é uma pessoa incrível, uma espécie de secretária da responsável pelo atendimento. Está sempre sorrindo, tem sempre uma boa palavra para todos, muito bom humor e o mais importante, adora e trata com o maior carinho aos nossos filhos.

Sempre nos demos bem, o que ela o faz com todos; somos até um pouco parecidas fisicamente, e na brincadeira nos chamamos de irmãs.

Acontece que, num desses dias azedos, a minha "irmã" veio nos transmitir uma ordem da professora sobre certa postura, nova para algumas mães que já lá estão há mais de dez anos e eu, sem o perceber, reagi com rispidez e, sem o saber e sem notar a magoei muito.

Minha "irmã" é do tipo de pessoa que por tudo se comove e derrama lágrimas sentidas e verdadeiras. Comove-se com a tristeza e com a beleza; com a palavra ácida e com as mais doces: é seu modo de ser.

Imaginem o que foi para ela o meu reagir abrupto e mau humorado... Para mim nada havia acontecido e continuei a tratá-la da mesma maneira de sempre.

Ontem, foi o almoço de final de ano de nossos filhos e almoçamos todos juntos. Qual não foi minha surpresa quando minha amiga querida declara estar muito sentida comigo e ao mesmo tempo as lágrimas começaram a correr e eu, sinceramente, não sabia porquê.

Aos poucos todas as mães foram me relatando o que ocorrera. Tomei conhecimento dos telefonemas tristonhos para algumas e da declaração que no ano vindouro ela não mais trabalharia com os nossos filhos.

A tudo isso juntou-se a infeliz coincidência de que no dia da apresentação de dança do grupo eu não a abracei, não por mal, mas porque tudo ficou muito confuso, filhos, família, convidados...e eu, realmente não o fiz.

Escrevo este relato para que todos nós reflitamos que devemos estar atentos para não magoarmos pessoas que não têm porque receber os sentimentos que não provocaram, principalmente os ruins.

Letícia, quero lhe dizer e desejo que todos os meus amigos saibam que aquele rompante era dirigido a mim mesma. Desejo que saiba e todos também que você é a mais especial de nosso grupo, pois ali chegou sem nada saber de "especialidades" e de mães que lidam com elas. Chegou e se jogou de coração e alma abertos se doando muito mais do que era para o fazer.

Desculpa essa sua "irmã" que precisa pensar duas vezes antes de explodir, principalmente com pessoas maravilhosas e queridas como você; pensar duas vezes antes de explodir com qualquer ser humano; pensar duas vezes, até mesmo, antes de explodir comigo mesma.

Você é muito querida e, lhe prometo, se depender de mim, nunca mais uma lágrima vai cair de seus olhos e de seu coração.

Quero sua amizade, sempre!!!!

Mais uma vez, me perdoa!!!

Sua amiga, sua "irmã", porque afinal somos louras mas de amizade a gente entende!!!


Sonia Regina /dezembro de 2008