QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

quarta-feira, 25 de março de 2009

A RUA ONDE EU MORAVA...




Gosto de escrever,gosto muito!Quero deixar gravado tudo que guardo em mim da vida que vivi:os momento de alegria,de esperança,até mesmo as tristezas serviram para tornear minha alma.Devo a mim mesma e às pessoas,boas ou más que me cercaram a vontade e alegria que tenho em viver.

Momentos me vêm à lembrança...vêm vindo,vêm vindo como esse cheiro que paira no ar:cheiro bom,doce,misto de folha nova e terra seca que me lembra a terra em que nasci,um pedaço de rua deserta e que,à noite era quase que totalmente escura.Ao final da rua,o mar de uma praia de areia pedregosa.

O mar,com o barulho das ondas anunciava-se o dia inteiro.Aquele som era parte da minha vida e havia dias em que,pelo hábito de ouví-lo nem me apercebia dele.E o aroma bom,sempre,me banhava a alma nem sei de quê:se de alegria,de esperança,de saudade,de amor.

O olfato guarda lembranças de noites em que eu,quase menina,faria de tudo para ver meu namorado,tão querido,por ser primeiro e que hoje é só a vontade de saber "como vai você?"

Desejava sair andando por aquela rua escura,que me amedrontava e,de repente,encontrar meu amado,que me espantaria o medo,me falaria de amor e me daria a mão.Dar a mão...o que eu não faria hoje para,com paz no coração,com confiança,como outrora,poder segurar a mão de alguém meu e caminhar,segura e firme,por caminhos,mesmo escuros,como na rua onde eu morava...


Sonia Regina