QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

domingo, 9 de novembro de 2008

Presentes

Esta imagem que ornamenta a abertura de meu blog é um trabalho de meu filho Orlando Lomardo, desenhista gráfico e artista plástico que a criou como homenagem à sua mãe que não cabe em si de orgulho pelo presente!

------------------------------------------------------------------------------------



Hoje é um dia especial para mim e para este blog. Completamos,ambos, duzentas postagens. Para mim é importante, pois quando criei este espaço não sabia, e ainda resta muito para aprender, coisa alguma sobre computação.

Ganhei o computador de meus filhos mais velhos que o instalaram e me disseram: - Vai mexendo em tudo que ele mesmo vai lhe responder às suas perguntas. E eu ,abusada que sou, resolvi fazer, para começar, um blog.

Confesso que para colocá-lo na tela fiz dezessete tentativas. Dessas todas consegui a proeza de constar no Blogger que eu os tenho em número de quatro, todos com o mesmo título e apenas um com textos, e eu, por desconhecer o que pode acontecer tenho receio de deletar os outros três e acabar com tudo, rsrs.

Essa não é a postagem de hoje é só a história do meu "...vou gritar pra todo mundo ouvir...". O meu post é uma homenagem aos meus filhos que me deram o presente que me trouxe tanta alegria, por ele mesmo e pela oportunidade de conhecer pessoas adoráveis e seus trabalhos que me aquecem a alma.
-------------------------------------------------------------------------------------

PRESENTES


Lando, Dani e Gabi
três presentes que ganhei
sem saber que jóias eram.

Lando, menino mimado,
zangado e pouco apressado,
sempre, com tintas e cores
a enfeitar suas telas.

Dani, linda, brava, sorridente
tem, sempre, resposta pronta
a quem a queira magoar.

Gabi, com seu jeito manso,
faz-me parar pra pensar
se o normal, normal seria
ou se ela tão especial
é que normal se faria.

Meus três filhos,
três presentes
de Reis Magos invisíveis
trazendo à minha vida
risos, cores, alegrias
que todos julgam impossíveis.

Deus abençoe vocês
porque existem e são meus!
Deus mandou,
os recebi
e os quero pra sempre aqui.

Encabuladamente,
*

Sonia Regina,06/01/1992