QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

domingo, 27 de dezembro de 2009

FELIZ OLHAR NOVO



A grande alegria da vida é olhar pra trás e sentir orgulho da sua história. A grande sabedoria é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o AQUI e AGORA!

Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o bolo sola, o pneu fura, chove demais. Mas... Pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia?

Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho? Tá certo, eu sei, Polyanna é personagem de ficção, hiena come porcaria e ri, eu sei. Não quero ser cego, burro ou dissimulado. Quero viver bem. Foi um ano cheio. Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões... Normal.

Às vezes se espera demais das pessoas... Normal. O dinheiro que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou...Normal. O novo ano não vai ser diferente.

Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja,mas e aí? Fazer o quê? Acabar com o seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança? O que eu desejo pra todos nós é sabedoria, é que todos nós saibamos transformar tudo em uma boa experiência!

Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele passou na sua vida. Não pode ser responsável por um dia ruim. Entender o amigo que não merece nossa melhor parte. Se ele decepcionou, passa pra categoria 3, a dos amigos. Ou muda de classe, vira colega. Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém.

O nosso desejo não se realizou? Não era a hora correta, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento (me lembro sempre de uma frase que adoro: 'Cuidado com seus desejos, eles podem se tornar realidade').

Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano. Não adianta lutar contra isso. Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes...

Desejo pra todo mundo esse olhar especial. O ano que chega pode ser um ano especial se nosso olhar for diferente. Pode ser muito bom, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos, e dermos a volta nisso.

Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro. O novo ano pode ser o , o máximo, maravilhoso, lindo, especial... Pode ser puro orgulho. Depende de mim! De você! Pode ser. E que seja!!!

"Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para repensar tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos podem se tornar realidade somente se fizermos jus e acreditarmos neles!"
***

Carlos Drumond de Andrade, postado por Sonia Regina.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

NATAL....MENINO TRISTE




Era, ainda uma semente
no ventre de Maria,
Mas já era o Rei dos Reis,
a Luz que os homens pediam!

Nasceu e se fez Menino,
fez-se Homem,
Pastor de Almas,
semeou Amor onde passou,
esperança a vidas sofridas,
cura todas as feridas!






Mas seu Pai deve estar triste:
fizeram comércio do seu nascimento...

Pouca gente ainda lembra
do verdadeiro sentimento...

O Natal é muito mais
que um mero presente...

É Amor, União e Alegria!!!



*** Sirlei L. Passolongo, postado por Sonia Regina.

domingo, 13 de dezembro de 2009

SEM RESPOSTAS



Anjos falem-me,
guiem-me,
mostrem-se,
quero lhes ver!

Anjos conversem comigo
façam-me compreender
tudo que não faz sentido
pro meu modo de sentir.

Se tudo é pra ser assim,
se nada pode mudar,
mudem o meu sentimento
pra que não fique o vazio
que ficou quando os perdi:

perdi meus sonhos,
meus planos,
prazeres tão inocentes;
perdi o melhor da vida
pois fui ensinada assim.

Perdi doces emoções,
que a mim moviam,
perdi o gosto do doce
por medo,sei lá do quê.

Anjos, digam-me, olhem-me,
mas me olhem com carinho,
ponham-me, outra vez, na vida
o gosto bom de viver;

a emoção que fazia
coração pular no peito,
dias doces e perfeitos,
de mistérios e purezas.

As manhãs ensolaradas,
o gosto amargo do sal;
o vento a soprar no rosto
vendo as nuvens apressadas
pairando no céu azul
enquanto no mar nadava.

Anjos meus,
anjos amigos,
onde ficou tudo isto?

*

Sonia Regina/1999

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

LIVRE PENSAR



O de alma vazia
perdida, insensível,
odeia o que é capaz
de em duas palavras
ou em um pensamento
dizer, escrever, falar
do seu mundo, em que não vive.

Por isso te entendo:
rasga meus versos,
todos que encontrares.

Destrói o que gosto,
tudo o que puderes.

Xinga meu ser,
meu corpo, minha alma...

Em meus pensamentos,
meu mundo interior,
jamais penetrarás,
nunca o entenderás.

Vejo beleza
onde não vês nada;
sinto perfumes
que nunca aspirarás;
tenho uma vida só minha,
sem máculas, sem gritos,
sem mágoas,
sem sequer vivê-la.

Sou capaz de colocar
palavras corretas e limpas,
pra dizer o que penso
de gente que me ofende e fere.

Vá em frente! Rasga os versos,
fui eu quem os criou,
sinto carinho por eles.

Mas pensa, pensa:
meus pensamentos,
minha mão, meu lápis
farão outros e outros
para que os rasgues...

Mas saiba, mas saiba
que nunca, nem mesmo
eu partindo,
poderás destruir o poder
e o direito que tenho de pensar!

***




Sonia Regina, 09/ 05/ 1978

sábado, 5 de dezembro de 2009

ESSÊNCIA




Descobri, feliz, a essência de um ser.

Descobri, feliz, quão pouco a exterioridade representa.

Descobri, maravilhosa e claramente que a essência dos seres, com a certeza dos que procuram e encontram, não está em sua aparência exterior.

Olha-se as pessoas, percebe-se sua estrutura externa, as achamos estranhas aos nossos olhos e lembranças e constatamos naquela figura, nada familiar, a essência que um dia nos encantou e nos encanta ainda.

A forma se esvai, dilui-se em desgostos, dores ou no próprio tempo mas, em pormenores, que só nós sabemos existirem, só para nós eram importantes, encontramos a essência que brilha e nos guia como farol em alto-mar.

Feliz descubro que tudo que importa, de verdade, tudo que somos, realmente, reluz à nossa volta, permanece, sempre, conosco,em qualquer forma que tomemos...

Eu sou, ainda e para sempre, o que de melhor fui um dia e vejo você, para sempre, em momentos que se eternizaram em sua essência...

Encantada...
*

Sonia Regina/1998

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

COMO A LUA...



Como a lua tenho fases:
dias há que sou minguante
e nele as mágoas afloram...

Saudades que já vão longe...
dores que já não doíam!

Aos poucos sou lua nova
escondida na caverna,
pensando nos meus porquês,
cansada de meus pesares!

E vou ficando crescente,
fazendo planos, sonhando,
a espera do melhor...
Projetos surgem do nada...
sorriso vai se chegando,
com jeitinho encabulado
a me dizer: -Quero mais!!!

Então me vejo bonita,
minh'alma toda se alegra,
saio a dançar pela casa,
cantarolo por um nada,
percebo as cores das flores,
que o céu, a noite, reluz!!!

Reestréio minha vida:
agora estou lua cheia!!!

*
Sonia Regina.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

FIM DE SEMANA


Sabe-se que nada é acaso...

Inicia-se o final de semana do qual não sou muito amiga....

Encontrei este poema, letra de uma canção que eu poderia ter escrito hoje, se já não o tivessem feito...

************************************************************************************




Outra vez é o mesmo vazio
de uma segunda-feira,
tarde vai se arrastando pra noite
pra chegar terça-feira.

Pelo vidro da minha janela
já não faz diferença...
Mais um dia de sonho e de espera:
jogo de paciência!

Quarta-feira adormeço sem graça:
mais um dia e você nem ligou...

Quinta-feira, de orgulho ferido
eu nego esse amor!!!

Sexta-feira amanheço ansiosa:
passa o dia e nenhuma lembrança...

Bate sábado, então perco a pose:
choro feito criança!

Fim de semana, eu sem você...
Quanta saudade...
Cadê você?

Some no mundo, só vem quando quer
e nem mesmo me chama...

Fim de semana, eu sem você...
Quanta saudade!!!
Cadê você?


Já é domingo, eu aqui te esperando:
é mais um fim de semana!


Novamente me encho de sonhos:
recomeço a semana.

No amor não se mede ou se explica
a emoção de quem ama!
Ao deitar, fecho os olhos
e peço pra que algo aconteça...

Mas acordo e nada acontece:
nem segunda, nem terça...

Quarta-feira adormeço ...


*

Carlinhos Conceição e Michael Sullivan, postado por Sonia Regina.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

ETERNAMENTE NOIVA




Há alguns anos resolvera noivar com a vida. Noiva eterna, assim seria nesta terra e, quem sabe após, para onde quer que fosse.

Noiva do que imaginou viver e que jamais aconteceu; noiva de seus sonhos não realizados; noiva de seus planos não concretizados; noiva das ilusões que imaginou, um dia, teriam outro nome; noiva de sua infância tão distante e perdida, não perdida não, permanecia nela, em sua saudade; noiva do sol, que tanto desfrutara; noiva da praia em dias de chuva quentinha, caindo em gotas grossas.

Noiva para sempre de tudo que poderia ter sido, de tudo que imaginou que concretizaria.

Noivado!!! Promessa entre um ser e a vida de viver-se o futuro como se idealizou. Enquanto o compromisso não se afirma o noivado permanece, mesmo que seja pela eternidade, de quem pode se esperar tudo, pois a infinitude do tempo nos acena a cada passo com as possibilidades que almejamos.

Resolvera explicar-se, embora achasse que não o deveria fazer, ao perceber que seu noivado causava estranheza e incomodava a algumas pessoas.

Era noiva do tempo, do tempo por quem passara e daquele por onde, ainda, passaria, aqui, ou em outra dimensão...Estar noiva é permissão integral para o que quer se deseje realizar.

É só esperar noivando, de preferência, com aliança no anular da mão direita.




Sonia Regina/1999

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

PIPAS, VENTOS E VIDAS...


A mocinha recebera de presente papéis coloridos, de seda, cola,tesoura, linha, varetas de bambu e a ordem do Universo para com o material construir três pipas de tamanhos variados e o mais bonitas possível.

Cumpriu a ordem com carinho e após alguns anos dirigiu-se à beira-mar para tentar empiná-las.

A primeira, o vento ajudando, voou de pronto, com enorme rabiola colorida e a mocinha, agora já mulher a admirava e segurando a linha lutava contra a força do vento e da pipa que já ia longe.

Repentinamente, numa lufada mais forte lá se foi a voar sozinha e à mulher só restou enrolar a linha e desejar que ela fosse longe e o fizesse bonito.

Em suas mãos duas pipas lhe restaram.

A segunda, também, lutava em se soltar e a mulher a prendia forte e, ao mesmo tempo, admirava seus volteios mais caprichosos, brincando de pega-pega com outras pipas mas sempre firme nas mãos de sua criadora.

Não mais que num sopro uma pipa estranha, com linha encerada no vidro partiu o cordão que prendia sua linda pipa cor de rosa e lá se foi ela a voejar atrelada à outra que a roubara.

Nas mãos da mulher ficou a terceira pipa, aquela construída com o finalzinho do papel colorido e que por isso não possuía a rabiola muito longa.

Além disso a mulher já conhecia todos os segredos de ventos, linhas enceradas e cortantes e segurou firme nas mãos sua pequena pipa azul de rabiola pequenina.

Até hoje se encontra a mulher pelas praças, praias, campos, por toda a cidade, a soltar a sua pipa fortemente presa em suas mãos.

Não se separarão jamais!

Sonia Regina/1999

terça-feira, 17 de novembro de 2009

SONHO MAIOR



Sonhar com a casa clara,
sonhar com filhos felizes,
sonhar com sobriedade,
compreensão e alegria.

Sonhar com a vida fluindo
em risos e amizades;
longe de gente mesquinha,
de falatórios banais.

Sonhar em pisar na grama
fresca,molhada de orvalho.

Sentir os cheiros que a brisa,
sempre, me traz com lembranças.

Uma rede na varanda...
um portão sem cerimônia
onde qualquer que nos goste
possa passar,sem licença
e tomar café na cozinha.


Sonia Regina/1993

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

DECLARAÇÃO DE AMIZADE


O âmago do mistério da vida, o cotidiano, o miudinho, tudo aquilo que parece que não tem importância é a base, a trama de qualquer grandeza!"

Rose Marie Muraro, postado por Sonia Regina *************************************************************************************


AMIGO





"Não sei se a vida é curta ou longa demais para nós,
mas sei que nada do que vivemos
tem sentido se não focamos o coração das pessoas.

E isso não é coisa de outro mundo.
É o sentido da vida!
É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais.

Mas que seja intensa, verdadeira, enquanto durar.
Muitas vezes basta ser
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que acaricia,
desejo que sacia,
amor que promove."
*

Cora Coralina

************************************************************************************

"Declaração de Afeto"
A amizade é um sentimento, que chega devagarzinho pelos atos, pelo carinho, pela lembrança...E na net não é diferente, você visita um dia um blog, gosta, volta...E assim vai crescendo o número de amigos, das atenções recebidas e dos carinhos ganhos.

Funciona assim:

1) Escolhemos dez amigos para declarar a nossa amizade e os nomeamos num post.

2) Em seguida visitamos seus blogs e comunicamos a nomeação.

3)Cada um deverá nomear mais dez, e assim sucessivamente.

4)Não há selos ou prêmios, apenas nossa declaração sincera de afeto.

5)Se receber de volta é porque você realmente é considerada uma grande amiga.

6)Repasso para vocês com carinho e amizade!

Recebi da amiga Lú do blog Sonho de uma flauta!

Os blogs que eu indico:

- Angela Guedes

- Essencial

- Fragmentos de Jô

- Menina Robô

- Meu Mundo Quadrado

- E o Pensamento Voa...

- Olhai os Lírios do Campo

- Pedaços de Mim

- Simplesmente Jacy

- Sonho de uma Flauta

*

Sonia Regina

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

SEM VOCÊ


Só escrevia
porque você leria...

Só sorria
porque você veria...

Só corria
para lhe encontrar...

Só sonhava
para lhe contar...

E agora...
o que fazer sem você?

Sonia Regina.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

MENINA DE DEUS



No caminho ensombrecido
passava a menina pobre,
pobre de amor,de carinho,
de cuidados,de atenção.

Pobre menina cansada,
que escutava o silêncio
e bebia da brisa fresca
que seu rosto acarinhava.

Vendo a menina tão triste
que por ali caminhava
tentei dirigir-lhe os passos
encaminhá-la a um abrigo,
ensiná-la a descansar.

Mas a menina perdida,
tão só,tão cheia de medos,
recusou a minha mão
perdendo-se na floresta
entre flores e silêncios
onde espera que sozinha
possa,em Deus confiar
e aprender a se amar.

Sonia Regina/1992

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

ILUMINADA



"A mulher chegou para o marido

com o rosto completamente iluminado

e ele se irritou porque há muito

se esquecera como e onde se acendia essa luz.

E por mais que se esforçasse não conseguiu se lembrar.

A mulher iluminada foi se deitar ao seu lado

e ele passou a noite sem dormir porque se acostumara ao escuro"
*


Maria Lúcia Simões, postado por Sonia Regina.

sábado, 31 de outubro de 2009

DESAFIO LÚDICO IV

A Carminha do blog Anseios da Alma sugeriu este desafio com a imagem abaixo!
*************************************************************************************


Adeus!Foi o que ficou
de tudo que se perdeu.

Adeus jamais ninguém diz,
diz-se: Até logo! Já vou... Tchau!
Tudo com gosto de adeus.

Adeus,palavra terrível,
demolidora, cruel,
por isso as pessoas
a escondem
em palavrinhas bonitas,
em abraços apertados,
desculpas esfarrapadas,
até lágrimas são válidas
nesta hora de partir...
e promessas de um dia,
quem sabe? às origens retornar...

Mas o Adeus ali está!

Sonia Regina

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

ONDE ESTÁ?



Perguntava-se onde perdera seu sorriso verdadeiro. Não a careta sem graça e sem força que usava socialmente e, sabia, enfeava seu rosto, hoje, já tão desfigurado pela falta do verdadeiro amor.

Nem se deu conta de quando foi que ele começou a perder o brilho. Só sabia que, olhando retratos antigos, a medida do passar dos anos ,pouco a pouco, ano a ano,foto a foto, seu sorriso ficara mais opaco, mais sem graça...

O que acontecera? Será que o gastara demais quando sentia-se amada e imune a qualquer dor? Será que o esquecera no coração de alguém que, desavisado, nem o percebera e, por isso, não o devolvera?

Pensou em fazer uso dos classificados: "Perdeu-se sorriso claro, iluminado, pleno de fé na vida e nas pessoas. Recompensa-se com outro, com o mesmo brilho e sinceridade, a quem o devolver".

Sonia Regina/1999

terça-feira, 27 de outubro de 2009

COISAS DE MENINA


Um anjo habita em mim!

Tenho dentro em mim

uma menina que sonha.

Tenho dentro em mim

uma menina que chora,

quando percebe que seu sonho

não existe...é apenas sonho...


Sonia Regina/1978

domingo, 25 de outubro de 2009

PRAZER


"Como distinguir no prazer
o que é bom daquilo que não é?"


-Andem entre os campos e os jardins,

e compreenderão que há prazer na abelha

ao recolher mel das flores,

mas há também prazer na flor

em dar mel à abelha.

Para a abelha, na verdade, a flor é fonte de vida,

e, para a flor, a abelha é mensageira do amor.

Para ambas, dar e receber é prazer, necessidade e êxtase!

Sejam, no seu prazer, como as flores e as abelhas!!


Khalil Gibran,postado por Sonia Regina.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

TELEFONE DESLIGADO




Desligo o telefone
e esqueço o mundo,
esqueço o que me aborrece
ou assim parece.

Ao menos fico quieta,
calma, sem ter que explicar nada,
ou ouvir explicações.

Desligo o telefone
pra desligar a vida,
pra desligar pessoas
que, em certos momentos,
melhor não escutar.

Deixo-me estar calada
ordenando pensamentos,
acalmando sentimentos.

Porquê certas pessoas
insistem em falar
quando não as quero ouvir?

Desligo o telefone...

Sonia Regina/1992

terça-feira, 13 de outubro de 2009

ESCOLHAS

Meus Amigos!

Meu blog, por motivos que desconheço, foi desconfigurado e não aceitava comentários o que só ontem descobri ao perceber que ninguém vinha me visitar. Agora tudo está no seu lugar e espero que assim permaneça. Mistérios do Blogger!!! Seus comentários é que dão vida a este espaço!

Beijos para todos!

Sonia Regina.

***********************************************************************************


A vantagem em ser colocado
em último lugar na vida de alguém
é que se pode optar entre deixar a porta aberta
ao sair-se ou fechá-la para sempre...

Sonia Regina

terça-feira, 6 de outubro de 2009

PURPURINA



Se você pensa que vai me seduzir,
se você pensa que vai me arrepiar...

Pode ser...
mas eu sou feito purpurina
se uma luz não ilumina
não há jeito de brilhar!

Se você só chega por chegar,
nem uma lanterna no olhar...

Nosso show não pode acontecer.
Sem o palco se acender
eu não vou representar!

Se você pensa que vai me seduzir,
se você pensa que vai me arrepiar!
Pode ser...
pois eu sou feito bailarina,
se a ribalta se ilumina
fico "roxa" pra dançar...

Pode ser...
pois eu sou feito bailarina
se a ribalta se ilumina
fico "roxa" pra dançar!!!


Jerônimo Jardim,postado por Sonia Regina.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

MAR DOS NAVEGANTES


Fiquei uns dias distante de meus amigos e dos blogs de que tanto gosto. Muitas vezes o casulo que abriga nossa alma nos obriga a parar para a ele dirigirmos mais atenção.Foi um susto que me serviu para repensar a vida, apesar de me saber teimosa e resistente no que gosto de realizar.
Senti muita saudade mas foi mesmo impossível chegar nessas teclas mágicas que me levam perto das pessoas que me entendem e de quem gosto muito.Aos poucos chegarei a porto seguro. Sei que os anjos, enviados de Deus estão ao meu lado!!!

Voltando,devagar,mas voltando...


**********************************************************************************

Não é atirando-se ao mar a melhor maneira de chegar-se ao porto. Precisamos de um navio que nos conduza para evitar-se desgastes físicos e emocionais.

Entreguemo-nos ao navio de Deus. Descansemos em seu convés e façamos nossa viagem em tranquilidade e paciência. O porto,algumas vezes, é distante e são precisos dias de sol e tempestades a vencer até o dia final de aportar.

Tenhamos confiança no Comandante Supremo que maneja o leme do barco de nossa vida.

Aproveitemos a viagem para olhar o sol, os pássaros, as ondas.

Quando a tempestade acontecer recolhamo-nos, procurando manter o pensamento no Comandante porque Ele sabe, com certeza, como aportarmos com segurança.

Tenhamos fé, tenhamos confiança,tenhamos esperança,que anjos estarão, sempre, navegando conosco.

Sorrir,cantar e esperar. Regras a seguir para que a esperança perdure naturalmente,sem que precisemos forçar situações e, mais breve do que supomos o porto surgirá à nossa frente.


Sonia Regina/1993

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

POEMAS PARA NINGUÉM




Passara a vida
escrevendo poemas
pra ninguém ler,
sem ninguém saber.

Linhas e linhas riscadas:
seus pensamentos,
nem sempre claros,
por medo de que alguém,
um dia, os decifrasse.

Palavras, sentimentos sem retorno
guardados, mascarados, sem razão.
Sentimentos seus,
livres, nascidos lá, dentro dela.

Arrependera-se por não ter
aceito o amor que lhe fora oferecido,
o único real,o único fiel!
Quando o descobriu
a morte, sempre à espreita,
já o tomara de si.

Linhas que escreveu
e que ninguém lerá.
Só ele, o amor amigo,
com o poder que lhe confere
a eternidade, sabe que
aqui está, só de passagem,
e que, por ela poderá esperar.

Saberá, finalmente, o que seja amar!!!

Sonia Regina/1989

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

...que saudades da Amélia!!!


Existe um sambinha sem-vergonha que sempre me irritou profundamente e que durante muitos anos ouvi ser cantarolado, assobiado e muitas vezes ressoava em meus pensamentos mesmo com a casa em silêncio. Pensando neste sambinha machista escrevi esta crônica (?) para que as Amélias pudessem "gritar" seus verdadeiros sentimentos...Ainda bem que elas estão em extinção, embora ainda existam...


*************************************************************************************

Que tristeza é essa que me estraçalha a alma, ela se perguntava?

Sentia-se rasgada em pedaços e parecia que os perdia pela casa: na área de serviço, nas lavagens do banheiro, sugados pelo cano do aspirador.

Seus melhores pedaços desceram pelo ralo da pia da cozinha. Pouco a pouco nada mais ia restando, tudo ia dissolvendo-se como a esponja da pia.

O que mais a afligia é que só se sentia bem na cozinha, no banheiro, no varal de roupas, com o aspirador nas mãos.

Dias havia em que gostaria de balançar-se no varal, junto às roupas coloridas para que a brisa secasse, docemente, suas lágrimas.

Outros queria estar pelo chão para que o aspirador sugasse o pó acumulado nos cantos escuros de sua alma e ela pudesse mostrar-se límpida.

Quem sabe, o amaciante de roupas tornasse menos ásperos, mais macios os seus sentimentos?

Pouco a pouco transformava-se numa utilidade doméstica.

Só uma dúvida: quem se encarregaria de seu uso e manutenção? Existiriam Oficinas Autorizadas para consertá-la e técnicos habilitados a isto?
*

Sonia Regina/1994

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Despercebida...



"Gostaria de passar despercebida.

Não era questão de gostar. É que não sabia.

Fazia com naturalidade o que alguém precisava fazer.

Dizia com insistência o que muitos preferiam não ouvir.

Quando a escutavam, diziam que falava muito alto.

Quando não a ouviam, será porque não falara?

Quando silenciava, atribuiam a algum propósito o seu silêncio.

Nunca tivera outras intenções senão as que declarava.

Muito vista, e pouco conhecida, creio que assim ficará até morrer.


Mas nunca passará em silêncio pela vida catando, para arvorar como insígnia os sinais de alienação."

*
Desconheço o autor, postado por Sonia Regina/1996

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

ALMAS PERFUMADAS

Recebi este texto da minha amiga Elaine Siqueira Gonçalves,do orkut que é um doce de pessoa e pensei em todos vocês que me visitam sempre com palavras deliciosas que me aquecem o coração!!!

****************************************************************************



Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta. De sol quando acorda. De flor quando ri. Ao lado delas, a gente se sente no balanço de uma rede que dança gostoso numa tarde grande, sem relógio e sem agenda.

Ao lado delas, a gente se sente comendo pipoca na praça. Lambuzando o queixo de sorvete. Melando os dedos com algodão doce da cor mais doce que tem pra escolher. O tempo é outro. E a vida fica com a cara que ela tem de verdade, mas que a gente desaprende de ver.

Tem gente que tem cheiro de colo de Deus. De banho de mar quando a água é quente e o céu é azul. Ao lado delas, a gente sabe que os anjos existem e que alguns são invisíveis.

Ao lado delas, a gente se sente chegando em casa e trocando o salto pelo chinelo. Sonhando a maior tolice do mundo com o gozo de quem não liga pra isso. Ao lado delas, pode ser Abril, mas parece manhã de Natal do tempo em que a gente acordava e encontrava o presente do Papai Noel.

Tem gente que tem cheiro das estrelas que Deus acendeu no céu e daquelas que conseguimos acender na Terra. Ao lado delas, a gente não acha que o amor é possível, a gente tem certeza. Ao lado delas, a gente se sente visitando um lugar feito de alegria. Recebendo um buquê de carinhos. Abraçando um filhote de urso panda. Tocando com os olhos os olhos da paz. Ao lado delas, saboreamos a delícia do toque suave de sua presença soprando nosso coração.

Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa. Do brinquedo que a gente não largava. Do acalanto que o silêncio canta. De passeio no jardim. Ao lado delas, a gente percebe que a sensualidade é um perfume que vem de dentro e que a atração que realmente nos move não passa só pelo corpo. Corre em outras veias. Pulsa em outro lugar.

Ao lado delas, a gente lembra que no instante em que rimos Deus está conosco, juntinho ao nosso lado. E a gente ri grande que nem menino arteiro.

Tem gente como você que nem percebe como tem a alma Perfumada! E que esse perfume é dom de Deus.
*******************************************************************************

***Em pesquisa nos sites literários da Internet encontrei dualidade de autoria deste texto. Alguns citam Carlos Drummond de Andrade como autor e outros Ana Jácomo.Em vista deste fato cito os dois escritores e se alguém me der a certeza da autoria do texto ficarei agradecida.Seja de quem for é delicioso!!!! ***

postado por Sonia Regina.

*

terça-feira, 15 de setembro de 2009

VOANDO



Não quero mais sonhar! Quero viver!

O impossível se acaba em si mesmo!
Nada modifica sua essência.

Cada ser é moldado em sua fôrma própria.
Óleo e água não se misturarão jamais.

Como alcançar as estrelas sem se abandonar o chão?
Minhas estrelas, lá, onde desejo chegar são distantes e muito altas.
Preciso de coragem para começar a subir.

Solto as amarras como um balão de gás e me deixo voar:

lá vou eu...

Sonia Regina/1983

domingo, 13 de setembro de 2009

DECLARAÇÃO DE DIREITOS



Tenho, sim, o direito de ser livre, desde que, com meu voo de liberdade não arraste ninguém ao precipício.

Tenho, sim, o direito de seguir adiante, desde que, com minha corrida para a frente não atropele os passos de meu semelhante.

Tenho, sim, o direito a novas emoções, desde que, com meus sentimentos não estraçalhe sentimentos antigos e inteiros de quem quer que seja.

Tenho, sim, o direito de viver feliz, desde que, esta felicidade não se alicerce na tristeza do outro.

Tão difícil...Alguém ,sempre, sairá ferido...

Sonia Regina/1993

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

CRIAR UM BLOG...PORQUÊ?


Sandra, do blog Curiosa, que está fazendo um ano no ar lançou a ideia para que hoje todos os inscritos postassem sobre os motivos que nos fizeram criar um blog. Como me inscrevi, segue o meu relato.


*****************************************************************************


Até um ano atrás, mais ou menos, só abria o computador para jogar paciência (uau!!!!!). Por sugestão dos filhos que disseram: pode mexer, mãe, ele não vai mordê-la, você é quem poderá destroçá-lo...

Pensei na possibilidade e minha curiosidade venceu...Sempre ouvira falar em blogs na TV, lia nos jornais sobre o blog de fulano e beltrano. Procurei saber do que se tratava e me interessou.

Toda a vida gostei, e muito, de escrever sobre tudo que sentia e o que escrevia era escondido, pois vivi, por muitos anos sufocada, reprimida, e meus escritos eram minha válvula de escape. Quando encontrados eram rasgados...

Um dia, como já relatei em um post, "virei a mesa", aluguei um apartamento, me mudei e saí da gaiola.

Voltando aos blogs,e já sabendo que poderia escrever nele o que desejasse, lembrei-me de meus textos e poemas e resolvi que desejava ter um blog também do qual só sabia o nome: ...eu vou gritar pra todo mundo ouvir...Nem preciso explicar porquê,rsrsrs!!!

Era chegada a hora de dizer tudo que ficou escondido por tantos anos!!!

Comuniquei a meus filhos que disseram: -Mãe e você sabe fazer um blog?

Não, eu não sabia e resolvi perguntar ao "Papa", o Sr.Blogger que me mostrou o passo a passo e após 17 tentativas eis que surgiu na tela o que eu desejava ver: meu coração disparou e nesta noite nem dormi de tanta alegria por haver conseguido.

Cada texto que colocava era uma festa para minha alma. Se observarem as datas em que foram escritos, a maioria é antigo e fala de sentimentos que já se foram com o tempo mas permaneceram em minha memória e em meu coração.

Ainda há muitos textos e poemas a publicar e com o blog soltei as rédeas do corcel que cavalgo pela vida e deixo que galope por onde lhe dá vontade.

Com o blog minha voz está sendo ouvida, comentada e descobri outras pessoas que muito tem a dizer, como eu.

Posso também exibir os textos de autores que admiro e descobrir as delícias dos recursos ( que não domino) possíveis nesta forma de comunicação.

Hoje, escrever e ler neste espaço é uma das maiores alegrias pessoais e particulares que saboreio.

Pretendo por muito tempo ainda...gritar pra todo mundo ouvir...

Sonia Regina.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

A INVASÂO DOS DOWNIANOS



Costumo visitar o blog "Xiita da Inclusão", de Fábio Adiron, aonde os textos são, sempre, perfeitos, sérios e com um raro humor. Não resisti, ao ler este e quero partilhá-lo com os meus amigos. Espero que me entendam!!!


**************************************************************************






Imagem:grupo de alienígenas verdes do filme Galaxy Quest.
***************************************************************************


Recentemente li um artigo que finalmente me trouxe todos os esclarecimentos que eu precisava a respeito da Síndrome de Down, assunto que me interessa desde o nascimento do meu filho há mais de 10 anos.

A revelação veio através de um desses muitos artigos bem intencionados mas, totalmente desinformado, o que comprova a tese que sempre ouvi da minha mãe que de boas intenções o inferno está cheio.O artigo se referia às pessoas com síndrome de Down como os “downianos”.

É isso! Rapidamente constatei, eles não são seres humanos, mas extra-terrestres, vindos diretamente do Planeta Down, que deve ficar na galáxia de Cromossômica.Os seres desse planeta, assim como se crê sobre os incas venusianos, são todos iguais. Seja de aparência, de comportamento ou capacidade.

É verdade que, apesar de 97% deles terem material genético adicional no cromossomo 21, não significa que todo o resto da sua genética é idêntico. Quem vê de fora não percebe.Duro é que muita gente que vê de dentro também não percebe isso.

Mas existem outras características comuns ao “downianos”, todos são sensíveis a um determinado tipo de minério, a hypotonita. Por outro lado são mais resistentes a determinados tipos de tumores o que tem levado os pesquisadores a querer entender melhor o tal do terceiro cromossomo.

Os downianos já frequentam a Terra há centenas de anos mas, nas últimas décadas começaram a ter algumas mudanças de comportamento significativas.Uma delas é que passaram a resistir mais tempo ao ambiente hostil que os cercava e, atualmente, vivem mais.

A mudança mais significativa, no entanto, é que, de pouco tempo para cá, eles começaram a invadir disfarçadamente os espaços dos seres comuns e, com isso estão adquirindo características quase humanas.Acreditava-se que nenhum deles conseguiria aprender a respeito da cultura dos terráqueos, especialmente da educação formal. Por incrível que pareça, todos aqueles que se infiltraram nas escolas comuns começaram a aprender. Alguns mais que os outros, mas os terráqueos também não são assim?

Os ufólogos afirmavam que os downianos não tinham capacidade de abstração, que nunca aprenderiam álgebra e que, no máximo, poderiam ser treinados para tarefas repetitivas. Os downianos escolarizados estão derrubando todos esses mitos.Esse comportamento está deixando os ufólogos em pânico. Percebem que podem perder os seus empregos e, especialmente, as verbas secretas que os governos lhes concede para manter os downianos segregados.

Se os órgãos oficiais não colocarem uma ordem nessa bagunça, daqui a algum tempo os downianos vão querer ter até os mesmos direitos que os humanos.


Fábio Adiron, postado por Sonia Regina.


******************************************************************
Esta é a Gabi, minha "downiana" no frescor de seus 30 anos, realmente ameaçadora!!!!





Sonia Regina.

sábado, 5 de setembro de 2009

PENSANDO





Quando penso em você
fico sozinha:
só de presenças, de pessoas,
jamais de sentimentos.
Nesses momentos afloram
meus "sentires" mais
ricos, mais verdadeiros.

Quando estou comigo,
com o passado tão presente,
mais rica me sinto,
mais feliz, mais inteira.

Quem tem lembranças
doces,ternas e felizes
como as que vivem comigo
jamais estará só!

Sonia Regina/1999

terça-feira, 1 de setembro de 2009

SONHOS VAZIOS



Admirava-se com a capacidade de ainda ter sonhos... Aqueles sonhos que não se sonham mais, assim como alguns trajes que insistia em guardar no armário.

Sabia que jamais tornaria a usá-los, uma força maior a impedia de se desfazer deles.

Insistia em seus sonhos rosados, em falsos sorrisos embrulhados em papéis coloridos, envolvendo caixas vazias.

Precisava aprender a recusar seus próprios sonhos; precisava lembrar-se que eram embalados por canções de ninar que à ninguém fazia adormecer, que dirá sonhar...

Sonia Regina / 1991



***************************************************************







Este selinho me foi passado pela Anabela de Pedaços de Mim e tem um meme para ser respondido que é bem simples.

Responda e repasse
para cinco blogs de amigos leitores.

Vamos para as perguntas:

1)Que livro está lendo ou qual o último que leu?
-Estou lendo : A Lei dos Varões de Maurice Druon

-Último que li : A rainha Estrangulada de Maurice Druon

2)Qual livro preferido?
-Os Pilares da Terra de Ken Follet

3)Um livro que não consegue terminar de ler?
-Jamais consegui ler os livros de Jorge Amado

4)Aquele que não sai de sua cabeceira?
-O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec

5)Escritor preferido?
-Florbela Espanca,Ken Follet,Rosamunde Pilcher,Fernando Pessoa

6)Eu recomendo?,
-Pilares da Terra,Mundo sem Fim ambos de Ken Follet

7)Eu não recomendo?
-Pornografia.

8)Passa este selo para quem?

-Angela Guedes, Neli de E O Pensamento Voa, Sandra de Curiosa, Kariny de Menina Robô e Carmen de Anseios da Alma.


Espero que apreciem a brincadeira!

Sonia Regina.

sábado, 29 de agosto de 2009

RIMAS?





Se alguém lesse seus escritos
encontraria rimas estranhas
e versos sem rima.

Talvez rissem!
Tudo tinha a ver com a sua vida.
As rimas amar, nadar, espetacular, encantar,
mar, nada diriam a ninguém,
assim como a vida dela
também não.

Nada fazia sentido:
emoção, sedução, saudade
e silêncio.

Assim é, como os seus versos, sua vida:
tão sem graça, mas imensa.

Só ela entendia:
seus versos,sua vida!

Sonia Regina/1990

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

DIAS DE CHUVA





Chove, chove muito! Chove há dias seguidos!

Tudo encharcado, sapatos molhados, friozinho fazendo doer as pernas.

Houve uma época em que vibrava muito em dias chuvosos. Nesses dias algo bom, grande florescia nela. Em plena chuva era toda ensolarada. Ficava feliz, quente e via o mundo colorido.

Ainda hoje, tanto tempo passado, sentia-se do mesmo modo e era uma pena que fosse assim, porque seus dias chuvosos - ensolarados tinham que ser abafados, mortos...

Preferia deixar isso pra lá! Que o sol, de verdade, viesse logo, seus rompantes primaveris se ressecassem e ela se acomodasse em seu calor sem graça e modorrento.

O que precisava mesmo era cortar os cabelos ...quem sabe se sentiria melhor?


Sonia Regina.



sábado, 22 de agosto de 2009

SUMIU!!!!

tela de Magritte
*

Um dia te achei:
não sei onde moras,
não sei quem tu és!
Só sei que espero
a cada dia por uma palavra.

Imagino teu rosto
e te dou mil imagens;
palas ruas caminho
a te adivinhar.

Imagino figuras,
alturas, sorrisos,
o tom de tua voz,
o teu caminhar.

Teu olhar será doce,
arrogante ou fingido?
Tuas mãos atrevidas,
nervosas, tranquilas...

Que fazes com a vida?
Que é tua vida?
Viverás sozinho
ou tens um amor?

Jamais saberei
as respostas que espero...
Estás tão distante,
nem sei se és real...

E assim vou vivendo
dia-a-dia esperando
mensagens, palavras,
comentário original,
deste ser misterioso,
doce amigo virtual!

......Sumiu!!!!!


Sonia Regina,03/02/2009

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

DESATENÇÃO!


A força de um braço é a mola que impulsiona mecanismos que atingem o alvo.Quando esse é atingido ninguém se lembra do esforço daquele braço...como se a flecha voasse sem impulso.

Sonia Regina

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

LETRAS



Letras, frases e palavras me encantam. Quando se juntam, algumas letras, harmonizam-se de tal modo que é saboroso pronunciá-las e uma arte escrevê-las.

Há as que evocam emoções jamais experimentadas, as que nos trazem sentimentos vividos e as que servem de alavanca para o cérebro acelerar-se em busca de futuros cobiçados.

Palavras nos estimulam, nos fazem sonhar, nos levam aonde desejarmos.Que sejam palavras escritas, jamais faladas, pois essas se vão, se perdem no momento exato em que são proferidas, falseiam, mentem.

Gosto de listar palavras bonitas e, quando me canso do ato mecânico de escrever, admiro as letras onde coloco todo o meu capricho como se elaborasse uma obra de arte.

Gosto de trabalhar com letras e palavras escritas e me encanta o modo como conseguem expressar meus pensamentos, o que não consigo quando os apresento falando. Atuam como arma registrando os melhores e os piores "sentires e pensares".

Quem as usa, escrevendo sempre, dispensa analista, massagista,terapeutas de qualquer espécie...Palavras escritas, tesouro e arma maior que possuo: meu namorado, meu amor, meu amigo, meu confessor, meu médico.

Guardam todos os meus segredos, emoções, alegrias e tristezas. Com elas posso dizer tudo que me chegue ao pensamento e tudo que magoe o coração. Palavras escritas levam-me a viagens, onde quer que meu sentimento ordene. Viajo sem passaporte, sem dinheiro, sem cansaço.

Encontro pessoas e as crio como desejo, com personalidades que me agradem. Palavras, meu vício maior, com elas liberto-me de outros vícios menores. Abençoadas letras, formando palavras e abençoados aqueles que me guiaram em seu uso!

Sonia Regina/1999

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

VEM!



Vem,me aquece e vai embora
mas não me deixas só:
o calor do teu brilho
me fará companhia
aonde quer que eu vá.

Vem,me chama,diz meu nome
daquele jeitinho doce
que só tu sabes chamar
e a música soará por muitos dias
e me embalará.

Vem,me faz um afago
ternamente e a maciez
do teu toque vai perdurar
e me dará a certeza
de que sou para alguém.

Faz tudo bem depressa
enquanto o tempo existe,
enquanto a chama arde
sem muito iluminar.

Vem,traz luz pro meu caminho
me guia,traz contigo
a brisa da manhã.

Mostra-me o que seria
minha vida se tivesse
enxergado as belezas
que a mim quisestes mostrar.

Vem,uma vez mais,
mesmo que derradeira,
pois sei que verdadeira,
pois sei que trarás paz!


Sonia Regina/1992

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

SONO DE MENINA



Final de domingo, finalzinho mesmo...Deitada, pronta para esperar o sono,a mulher folheia o jornal e o barulho das folhas ao serem dobradas, no silêncio da casa, trazem à lembrança dela ruído semelhante que ouvia no quarto de seus pais,quando criança.Em seu quarto, onde se sentia abandonada, ouvia o "chocalhar das folhas do jornal", lido por seu pai e enquanto o barulho persistia ela sabia que tinha companhia, que alguém estava acordado.

Suas noites eram terríveis, insones e cheias de medo. Ouvia estalos no silêncio da casa e via vultos a subirem pelas escadas e seu medo era pavor!

Desejava correr para o quarto dos seus pais, para a segurança de suas companhias - o pai não o permitia -apenas,em raríssimas ocasiões-quando o horror era tamanho que ultrapassava seu sentido de obediência e lá ia ela, travesseiro arrastando, deitar-se entre os dois.

Esses eram os dias em que o pai percebia o tamanho do seu horror e não tinha coragem de mandá-la de volta ao quarto.

Reflito no porquê dos adultos, sabedores dos medos das crianças e sabendo-se tão poderosos para elas, lhes negarem a proteção que pedem em nome de uma autoridade que eles próprios não tem certeza de possuir.

Porque castigar uma criança com noites de pavor se está na presença, nos braços, no carinho, no aconchego deles permitir que durmam tranquilas?

A infância passa tão depressa mas suas marcas persistem para sempre...e os adultos, os pais, as mães não sabem quanto tempo terão para exercer suas autoridades.

Seria mais doce, mais fácil e mais prazeroso se todas as lembranças fossem de segurança, de aconchego e não do se desejar ouvir um roçar de folhas de jornal pela noite afora, esperando que alguém varasse a noite a lê-lo para que uma menininha pudesse passá-la a dormir tranquilamente.


Sonia Regina/1999

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

HOMENAGEM AOS PAIS


Minha homenagem aos pais que se foram...e felizes pairam em outras esferas!!!





Meu Pai

Meu pai se foi com sua toga de Juiz.
Nem sei quem lhe vestiu.
Eu era tão pequena,
mal nascida.
Ninguém me predizia - vida.

Nada lhe dei nas mãos.
Nem um beijo,
uma oração, um triste ai.
Eu era tão pequena! ...
E fiquei sempre pequenina na grande
falta que me fez meu pai.

Cora Coralina

domingo, 2 de agosto de 2009

SELINHO DAS 10000 VISITAS!!!!


O ...eu vou gritar pra todo mundo ouvir... alcançou 10.000 visitas e estou muito feliz e orgulhosa.

Agradeço a todos que ouviram meus "gritos" e saibam que vocês são a mola propulsora do meu humilde trabalho!!!

Todo o meu carinho para meus amigos!!!


Dedico este selinho comemorativo a todos os seguidores e aos que por aqui passarem!!!

Sonia Regina.



***********************************************************************************


MEME 100 COISAS SOBRE VOCÊ






O Olavo do blog Traços de um Homem lançou o desafio:

"Você tem coragem de listar 100 coisas sobre você??Cansativo..trabalhoso..pega curioso rs mas prazeroso de se fazer...
Então vamos lá...liste 100 coisas sobre você..leve o selo de participação avise aqui no blog que fez e ganhe um banner para divulgar seu blog...

Eu começo para você ver que é simples, rs"

Vamos ver se é simples mesmo...( confesso que colei alguns tópicos do Olavo,rsrs!)

1-Sonia Regina

2-65 anos

3-1:61 cm

4-60 quilos

5-signo aquário (100 anos a frente,rsrs!)

6-Kardecista

7-professora aposentada

8-sou nascida em Niterói,Rio de Janeiro,a Cidade Sorriso e a mais bonita do mundo!

9-meu primeiro namorado marcou minha vida para sempre e até hoje me lembro dele e lhe envio e-mails, que ele só respondeu uma vez, até porque é psiquiatra e sabe lidar com essas coisas,rsrs!!!Claro que não me casei com ele!!

10-tenho 3 filhos, um rapaz e duas moças que são o meu orgulho!

11-sou louca pela Gabi, minha mocinha mais nova,o meu Milagrinho!

12-toco um violão bem bonitinho

13-também um teclado jeitosinho

14-gostaria de ter sido cantora e bailarina

15-comecei a trabalhar com 19 anos e daí em diante fui responsável por mim

16-tenho paixão por livros e "varo" as madrugadas com eles, quando percebo já amanheceu...

17-meu primeiro carro foi uma variant bege

18-meus pais eram cirurgiões dentistas e se conheceram na Policlínica em que trabalhavam

19-meu pai faleceu aos 40 anos em uma pescaria e nunca mais foi encontrado

20-tenho um irmão mais velho que mora em S.Paulo e minha irmã mais nova faleceu há dois anos

21-as melhores mulheres que conheci na vida foram minha mãe e minha avó materna

22-dirigi durante 30 anos sem sequer uma batida ou multa

23-há 2 anos senti um pânico enorme de dirigir e me desfiz de meu carro e sequer acredito que um dia dirigi...

24-gosto de qualquer cor dependendo de meu estado de espírito

25-sou avó de 4 netos,duas meninas e dois meninos que são feitos de mel com algumas abelhas ferozes voando por cima,rsrs!!

26-adoro iogurte feito por mim

27-casei 2 vezes com o mesmo marido e 37 anos depois chamei um caminhão de mudanças, aluguei um apartamento, me mudei e moro nele até hoje com a Gabi

28-sempre cozinhei muito bem mas hoje detesto entrar na cozinha até para fazer café

29-detesto homens valentões

30-meu terapeuta diz que sou "irada", pois hoje em dia digo tudo que penso para qualquer um e às vezes corro alguns riscos

31-romantismo é um traço que estará comigo até meu último suspiro

32-sonhadora

33-sou fã de carteirinha do seriado Dr.House, que é um "gato rude e carente"

34-ciumenta

35-desconfiada

36-gosto de histórias passadas na idade média

37-sei fazer de tudo em casa em termos de consertos

38-adoro massas, pricipalmente pizza de rúcula com tomate seco

39-adoro frutos do mar

40-gosto de olhar o mar mas o respeito muito

41-gosto de música clássica, não só!

42-música popular só de primeira como João Bosco, Aldir Blanc, Zé Rodrix

43-bossa-nova me enjoa

44-adoro cachorros e sempre os tive mas, agora, por falta de espaço tenho dois periquitos

45-adoro dias nublados e tempo frio

46-durmo muito tarde e , se puder, acordo depois do meio-dia

47-adoro café com leite e pão com manteiga

48-quando gosto de um filme vejo-o várias vezes

49-filmes só em dvd , não suporto ir ao cinema, me sufoca

50-gosto muito de arrumar minha casa, menos de lavar a louça

51-já gostei de vinho branco agora só suco, rsrs!!

52-tenho horror a botequim

53-ja fiz pesca submarina

54-parei quando a máscara partiu em meu rosto e cortei o nariz em 9 lugares

55-sou exímia nadadora, desde que seja na piscina

56-música preferida My Way, pois é o meu lema de vida atualmente

57-último filme que revi (riam) foi O feitiço de Áquila, que tem tudo a ver comigo

58-último dvd que assisti foi André Rieu na Australia, maravilhoso!!

59-filme que mais gostei de todos os que assisti: O Piano

60-lendo "Os venenos da Coroa" de Maurice Druon , presente e indicação do meu amigo Jucemir

61-detesto churrasco

62-gosto de pão com muuuuita mortadela

63-gosto de palavras cruzadas bem difíceis e de sudoku

64-gosto muito de meu genro e de minha nora

65-meus melhores amigos são minha filha Danielle,minha filha Gabrielle e meu filho Orlando

66-minha neta mais velha diz que sou "maluquinha" mas que ela quer ser igual a mim, quando crescer

67-quando me entristeço parto para o shopping e compro muuuito mais do que deveria

68-adoro roupa de dormir bem bonita mesmo dormindo sozinha, vai que sonho com alguém especial...

69-sou vaidosa. Gosto de me olhar e apreciar o que vejo mesmo com as minhas ruguinhas...

70-descobri o computador a um ano do qual não entendia nada

71-a primeira coisa que quiz fazer foi um blog pois ouvia falar sobre o assunto

72-para conseguir colocar o blog no ar entrei apenas...17 vezes

73-quando vi o blog na tela meu coração disparou, chorei e não conseguia dormir

74-atualmente a internet é o que mais alegra a minha vida pessoal

75-faço parte de vários sites e escrevo em todos

76-não gosto de domingo

77-tenho muitos amigos que a Gabi conseguiu para mim

78-eu e Gabi vamos a muitas festas, pois nosso grupo de convivência é muito grande

79-adoro dançar mesmo que seja sozinha em casa

80-um capuccino quentinho com bolo de canela é tudo de bom

81-sou viciada em bombom de castanha do Pará da marca Via Amazonas, só pode ser esse

82-não gosto de salto alto, só uso sapatilhas há muitos anos, acho que é complexo de bailarina, rsrs

83-tenho muito orgulho de tudo que a Gabi conseguiu superar

84-sou verdadeira em tudo que faço

85-adoro perfumes florais

86-apesar de gostar do frio sou muito friorenta, nem no verão sinto calor

87-todas as viagens que fiz foram para acompanhar Gabi em suas apresentações de dança

88-minhas melhores lembranças estão em Niterói

89-como muito pouco, só gosto de comer coisinhas gostosinhas

90-detesto sair de casa na parte da manhã

91-Florbela Espanca é a minha poetisa favorita

92-amo plantas e minha varandinha é repleta delas

93-não gosto de mentiras apesar do Dr.House dizer que "todo mundo mente"

94-gosto de documentários sobre pronto-socorro

95-detesto futebol, principalmente das vozes dos locutores

96-o mesmo para corridas de fórmula 1

97-nesta vida não soube o que seja ser amada, quem sabe na próxima, se merecer...

98-tenho orgulho por tudo que superei

99-sou muito crítica

100- determinação seu nome é Sonia Regina

Sabe, Olavo, não doeu nada...foi como o divã do terapeuta, rsrs!

Quem se habilita?

Sonia Regina.

sábado, 1 de agosto de 2009

LIÇÕES DA NATUREZA



varandinha de meu apartamento



À varanda pequenina
as azaléias chegaram:
cada uma em seu vaso.

Uma, cor de rosa tímida, singela,
a outra, mais arrogante,
rosa forte, exibida.

Ambas floridas e lindas
até... que vindo o verão
ficaram feias, queimadas,
suas folhas se acabaram
e as flores pereceram...

Tentando a elas curar
dei-lhes um vaso maior,
juntas, unidas e tristes,
sem folhas, flores ou cores.

O ano foi se arrastando,
outono se aproximando,
e a olhar as azaléias,
vi que iam se alegrando.

Pontilhadas de botões,
folhas verdes aos montões
foram crescendo
felizes, viçosas, lindas!

Quando o inverno aconteceu
os botões, todos, se abriram
em exibida beleza;
e descobri que,
como algumas mulheres,
no inverno floresciam.






O lugar era pequeno
para conter tantas flores...
mas a lição mais bonita
ainda estava por vir.

A azaléia rosinha,
tímida, frágil, singela
unindo-se a arrogante
formaram uma terceira
que era a mistura das duas
e de ambas reunia
o que tinham de mais belo.

Desta historinha de flores
ficaram algumas lições:
nem sempre na primavera
ou no verão desta vida
é que nos surgem as flores;
no outono é a promessa
e no inverno é que florescem.

Mais uma lição me deram
as azaléias viçosas.
Se sozinhas eram belas,
unidas em mesmo solo,
deram o melhor de si
pra que terceira surgisse
orgulhosa das origens:
azaléia matizada
explodindo de beleza
na lição da natureza!!!


azaléia matizada



Sonia Regina


****************************************************************************


EXIBO COM ORGULHO








Ontem no post sobre o trigal recebi este comentário e um e-mail que me fez muito feliz e muito orgulhosa!!!




"VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra"

*************************************************************************


Vocês todos muito influenciaram para que eu ganhasse este presente!!!

Sonia Regina.