QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

NOVOS CAMINHOS


Surgindo novos caminhos...
por eles quero passar!


Muito sol, muita alegria,
muita paz
em nova trilha
sabendo onde vou pisar...


Cuidado sempre é preciso
pro caminho percorrer:
pisar de leve, silêncio,
atenção para os detalhes...
saber olhar...perceber...


Caso encontros aconteçam
na nova estrada da vida,
que sejam de luz e amor...


Neste caminho há escolhas,
há rotas, há desencontros...


Tempestades haverão!
Esperaremos em calma
que se amainem...passarão!!!


O caminho é novo e livre...
por ele vamos seguir
sabendo que o sol
retorna a cada noite que passa...
a cada dia que nasce...
e que a vida acontece a cada palmo de chão...

O caminho está à nossa espera
inexplorado e florido
e só depende de nós
por ele saber seguir!!!



FELIZ ANO NOVO!!!!

*********

Sonia Regina

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

QUEM?...


Não sei quem és. Já não te vejo bem...
e ouço-me dizer (ai,tanta vez!...)
Sonho que um outro sonho me desfez?
Fantasma de que amor? Sombra de quem?


Névoa? Quimera? Fumo? Donde vem?...
- Não sei se tu, Amor, assim me vês!...
Nossos olhos não são nossos, talvez...
Assim, tu não és tu! Não és ninguém!...

És tudo e não és nada...És a desgraça...
És quem nem sequer vejo; és um que passa...
És sorriso de Deus que não mereço...

És Aquele que vive e que morreu...
És Aquele que é quase um outro Eu...
És Aquele que nem sequer conheço...


****

Florbela Espanca

***********************************************************************

Meu presente de Natal para você!

Carinho!

Sonia Regina, dezembro de 2010

domingo, 5 de dezembro de 2010

GATO E RATO





Complicação.
Encucação,
sem perdão,
teu nome é solidão.

Fácil seria viver
sem mistérios, mentiras,
dissimulação.

Sinceridade, teu nome
tão simples como viver...

...e todos se perdem, sofrem
e fazem sofrer,
brincando de gato e rato,
em disputas sem troféus,
mas que ninguém quer perder.

Tão boa a certeza
do fruto maduro;
tão farta é a mesa
onde o pão não se esconde;
risonha é a alma
dos que não se enganam.

Tão fácil, tão fácil ser feliz!


***


Sonia Regina, 07/08/1990