QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

sábado, 31 de outubro de 2009

DESAFIO LÚDICO IV

A Carminha do blog Anseios da Alma sugeriu este desafio com a imagem abaixo!
*************************************************************************************


Adeus!Foi o que ficou
de tudo que se perdeu.

Adeus jamais ninguém diz,
diz-se: Até logo! Já vou... Tchau!
Tudo com gosto de adeus.

Adeus,palavra terrível,
demolidora, cruel,
por isso as pessoas
a escondem
em palavrinhas bonitas,
em abraços apertados,
desculpas esfarrapadas,
até lágrimas são válidas
nesta hora de partir...
e promessas de um dia,
quem sabe? às origens retornar...

Mas o Adeus ali está!

Sonia Regina

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

ONDE ESTÁ?



Perguntava-se onde perdera seu sorriso verdadeiro. Não a careta sem graça e sem força que usava socialmente e, sabia, enfeava seu rosto, hoje, já tão desfigurado pela falta do verdadeiro amor.

Nem se deu conta de quando foi que ele começou a perder o brilho. Só sabia que, olhando retratos antigos, a medida do passar dos anos ,pouco a pouco, ano a ano,foto a foto, seu sorriso ficara mais opaco, mais sem graça...

O que acontecera? Será que o gastara demais quando sentia-se amada e imune a qualquer dor? Será que o esquecera no coração de alguém que, desavisado, nem o percebera e, por isso, não o devolvera?

Pensou em fazer uso dos classificados: "Perdeu-se sorriso claro, iluminado, pleno de fé na vida e nas pessoas. Recompensa-se com outro, com o mesmo brilho e sinceridade, a quem o devolver".

Sonia Regina/1999

terça-feira, 27 de outubro de 2009

COISAS DE MENINA


Um anjo habita em mim!

Tenho dentro em mim

uma menina que sonha.

Tenho dentro em mim

uma menina que chora,

quando percebe que seu sonho

não existe...é apenas sonho...


Sonia Regina/1978

domingo, 25 de outubro de 2009

PRAZER


"Como distinguir no prazer
o que é bom daquilo que não é?"


-Andem entre os campos e os jardins,

e compreenderão que há prazer na abelha

ao recolher mel das flores,

mas há também prazer na flor

em dar mel à abelha.

Para a abelha, na verdade, a flor é fonte de vida,

e, para a flor, a abelha é mensageira do amor.

Para ambas, dar e receber é prazer, necessidade e êxtase!

Sejam, no seu prazer, como as flores e as abelhas!!


Khalil Gibran,postado por Sonia Regina.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

TELEFONE DESLIGADO




Desligo o telefone
e esqueço o mundo,
esqueço o que me aborrece
ou assim parece.

Ao menos fico quieta,
calma, sem ter que explicar nada,
ou ouvir explicações.

Desligo o telefone
pra desligar a vida,
pra desligar pessoas
que, em certos momentos,
melhor não escutar.

Deixo-me estar calada
ordenando pensamentos,
acalmando sentimentos.

Porquê certas pessoas
insistem em falar
quando não as quero ouvir?

Desligo o telefone...

Sonia Regina/1992

terça-feira, 13 de outubro de 2009

ESCOLHAS

Meus Amigos!

Meu blog, por motivos que desconheço, foi desconfigurado e não aceitava comentários o que só ontem descobri ao perceber que ninguém vinha me visitar. Agora tudo está no seu lugar e espero que assim permaneça. Mistérios do Blogger!!! Seus comentários é que dão vida a este espaço!

Beijos para todos!

Sonia Regina.

***********************************************************************************


A vantagem em ser colocado
em último lugar na vida de alguém
é que se pode optar entre deixar a porta aberta
ao sair-se ou fechá-la para sempre...

Sonia Regina

terça-feira, 6 de outubro de 2009

PURPURINA



Se você pensa que vai me seduzir,
se você pensa que vai me arrepiar...

Pode ser...
mas eu sou feito purpurina
se uma luz não ilumina
não há jeito de brilhar!

Se você só chega por chegar,
nem uma lanterna no olhar...

Nosso show não pode acontecer.
Sem o palco se acender
eu não vou representar!

Se você pensa que vai me seduzir,
se você pensa que vai me arrepiar!
Pode ser...
pois eu sou feito bailarina,
se a ribalta se ilumina
fico "roxa" pra dançar...

Pode ser...
pois eu sou feito bailarina
se a ribalta se ilumina
fico "roxa" pra dançar!!!


Jerônimo Jardim,postado por Sonia Regina.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

MAR DOS NAVEGANTES


Fiquei uns dias distante de meus amigos e dos blogs de que tanto gosto. Muitas vezes o casulo que abriga nossa alma nos obriga a parar para a ele dirigirmos mais atenção.Foi um susto que me serviu para repensar a vida, apesar de me saber teimosa e resistente no que gosto de realizar.
Senti muita saudade mas foi mesmo impossível chegar nessas teclas mágicas que me levam perto das pessoas que me entendem e de quem gosto muito.Aos poucos chegarei a porto seguro. Sei que os anjos, enviados de Deus estão ao meu lado!!!

Voltando,devagar,mas voltando...


**********************************************************************************

Não é atirando-se ao mar a melhor maneira de chegar-se ao porto. Precisamos de um navio que nos conduza para evitar-se desgastes físicos e emocionais.

Entreguemo-nos ao navio de Deus. Descansemos em seu convés e façamos nossa viagem em tranquilidade e paciência. O porto,algumas vezes, é distante e são precisos dias de sol e tempestades a vencer até o dia final de aportar.

Tenhamos confiança no Comandante Supremo que maneja o leme do barco de nossa vida.

Aproveitemos a viagem para olhar o sol, os pássaros, as ondas.

Quando a tempestade acontecer recolhamo-nos, procurando manter o pensamento no Comandante porque Ele sabe, com certeza, como aportarmos com segurança.

Tenhamos fé, tenhamos confiança,tenhamos esperança,que anjos estarão, sempre, navegando conosco.

Sorrir,cantar e esperar. Regras a seguir para que a esperança perdure naturalmente,sem que precisemos forçar situações e, mais breve do que supomos o porto surgirá à nossa frente.


Sonia Regina/1993