QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

domingo, 27 de dezembro de 2009

FELIZ OLHAR NOVO



A grande alegria da vida é olhar pra trás e sentir orgulho da sua história. A grande sabedoria é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o AQUI e AGORA!

Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o bolo sola, o pneu fura, chove demais. Mas... Pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia?

Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho? Tá certo, eu sei, Polyanna é personagem de ficção, hiena come porcaria e ri, eu sei. Não quero ser cego, burro ou dissimulado. Quero viver bem. Foi um ano cheio. Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões... Normal.

Às vezes se espera demais das pessoas... Normal. O dinheiro que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou...Normal. O novo ano não vai ser diferente.

Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja,mas e aí? Fazer o quê? Acabar com o seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança? O que eu desejo pra todos nós é sabedoria, é que todos nós saibamos transformar tudo em uma boa experiência!

Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele passou na sua vida. Não pode ser responsável por um dia ruim. Entender o amigo que não merece nossa melhor parte. Se ele decepcionou, passa pra categoria 3, a dos amigos. Ou muda de classe, vira colega. Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém.

O nosso desejo não se realizou? Não era a hora correta, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento (me lembro sempre de uma frase que adoro: 'Cuidado com seus desejos, eles podem se tornar realidade').

Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano. Não adianta lutar contra isso. Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes...

Desejo pra todo mundo esse olhar especial. O ano que chega pode ser um ano especial se nosso olhar for diferente. Pode ser muito bom, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos, e dermos a volta nisso.

Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro. O novo ano pode ser o , o máximo, maravilhoso, lindo, especial... Pode ser puro orgulho. Depende de mim! De você! Pode ser. E que seja!!!

"Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para repensar tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos podem se tornar realidade somente se fizermos jus e acreditarmos neles!"
***

Carlos Drumond de Andrade, postado por Sonia Regina.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

NATAL....MENINO TRISTE




Era, ainda uma semente
no ventre de Maria,
Mas já era o Rei dos Reis,
a Luz que os homens pediam!

Nasceu e se fez Menino,
fez-se Homem,
Pastor de Almas,
semeou Amor onde passou,
esperança a vidas sofridas,
cura todas as feridas!






Mas seu Pai deve estar triste:
fizeram comércio do seu nascimento...

Pouca gente ainda lembra
do verdadeiro sentimento...

O Natal é muito mais
que um mero presente...

É Amor, União e Alegria!!!



*** Sirlei L. Passolongo, postado por Sonia Regina.

domingo, 13 de dezembro de 2009

SEM RESPOSTAS



Anjos falem-me,
guiem-me,
mostrem-se,
quero lhes ver!

Anjos conversem comigo
façam-me compreender
tudo que não faz sentido
pro meu modo de sentir.

Se tudo é pra ser assim,
se nada pode mudar,
mudem o meu sentimento
pra que não fique o vazio
que ficou quando os perdi:

perdi meus sonhos,
meus planos,
prazeres tão inocentes;
perdi o melhor da vida
pois fui ensinada assim.

Perdi doces emoções,
que a mim moviam,
perdi o gosto do doce
por medo,sei lá do quê.

Anjos, digam-me, olhem-me,
mas me olhem com carinho,
ponham-me, outra vez, na vida
o gosto bom de viver;

a emoção que fazia
coração pular no peito,
dias doces e perfeitos,
de mistérios e purezas.

As manhãs ensolaradas,
o gosto amargo do sal;
o vento a soprar no rosto
vendo as nuvens apressadas
pairando no céu azul
enquanto no mar nadava.

Anjos meus,
anjos amigos,
onde ficou tudo isto?

*

Sonia Regina/1999

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

LIVRE PENSAR



O de alma vazia
perdida, insensível,
odeia o que é capaz
de em duas palavras
ou em um pensamento
dizer, escrever, falar
do seu mundo, em que não vive.

Por isso te entendo:
rasga meus versos,
todos que encontrares.

Destrói o que gosto,
tudo o que puderes.

Xinga meu ser,
meu corpo, minha alma...

Em meus pensamentos,
meu mundo interior,
jamais penetrarás,
nunca o entenderás.

Vejo beleza
onde não vês nada;
sinto perfumes
que nunca aspirarás;
tenho uma vida só minha,
sem máculas, sem gritos,
sem mágoas,
sem sequer vivê-la.

Sou capaz de colocar
palavras corretas e limpas,
pra dizer o que penso
de gente que me ofende e fere.

Vá em frente! Rasga os versos,
fui eu quem os criou,
sinto carinho por eles.

Mas pensa, pensa:
meus pensamentos,
minha mão, meu lápis
farão outros e outros
para que os rasgues...

Mas saiba, mas saiba
que nunca, nem mesmo
eu partindo,
poderás destruir o poder
e o direito que tenho de pensar!

***




Sonia Regina, 09/ 05/ 1978

sábado, 5 de dezembro de 2009

ESSÊNCIA




Descobri, feliz, a essência de um ser.

Descobri, feliz, quão pouco a exterioridade representa.

Descobri, maravilhosa e claramente que a essência dos seres, com a certeza dos que procuram e encontram, não está em sua aparência exterior.

Olha-se as pessoas, percebe-se sua estrutura externa, as achamos estranhas aos nossos olhos e lembranças e constatamos naquela figura, nada familiar, a essência que um dia nos encantou e nos encanta ainda.

A forma se esvai, dilui-se em desgostos, dores ou no próprio tempo mas, em pormenores, que só nós sabemos existirem, só para nós eram importantes, encontramos a essência que brilha e nos guia como farol em alto-mar.

Feliz descubro que tudo que importa, de verdade, tudo que somos, realmente, reluz à nossa volta, permanece, sempre, conosco,em qualquer forma que tomemos...

Eu sou, ainda e para sempre, o que de melhor fui um dia e vejo você, para sempre, em momentos que se eternizaram em sua essência...

Encantada...
*

Sonia Regina/1998

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

COMO A LUA...



Como a lua tenho fases:
dias há que sou minguante
e nele as mágoas afloram...

Saudades que já vão longe...
dores que já não doíam!

Aos poucos sou lua nova
escondida na caverna,
pensando nos meus porquês,
cansada de meus pesares!

E vou ficando crescente,
fazendo planos, sonhando,
a espera do melhor...
Projetos surgem do nada...
sorriso vai se chegando,
com jeitinho encabulado
a me dizer: -Quero mais!!!

Então me vejo bonita,
minh'alma toda se alegra,
saio a dançar pela casa,
cantarolo por um nada,
percebo as cores das flores,
que o céu, a noite, reluz!!!

Reestréio minha vida:
agora estou lua cheia!!!

*
Sonia Regina.