QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

AH! ESSAS UVAS VERDES...


Não sei a cor de teus olhos,
não sei o tom de tua voz,
jamais vi o teu sorriso,
só mistérios entre nós!

Como explicar este espaço
presente nos versos meus ?
Sei que não é tua falta...

Só sei que o lugar jaz vazio
onde morava a alegria.

Se não queres vir não venhas,
fiques aonde te apraz,
sem saber que quando vinhas
era tanta a alegria,
que em meu peito não cabia...

De um fato tenhas certeza,
ninguém te apreciará tanto,
quanto a sonhadora amiga
esquecida em seu canto,
gritando em pobres poemas,
por ti, sem nenhum encanto.
*


"Você é doida demais..."

***

Sonia Regina, 26/01/2010

domingo, 24 de janeiro de 2010

INVEJA



Inveja é um sentimento
que toma conta de nós
-afinal humanos somos-
ao notarmos que terceiros
de nossos sonhos se apossam.

Não somos nós
que queremos
aquilo que os outros têm.

São eles que, sorrateiros,
não sonham, materializam,
com meios, que nossos sonhos
em sonhos jamais revelam.

Sonhamos com o todo pronto,
realizado, enfeitado,
mas não somos informados
dos caminhos de chegar.

Sinto inveja, sinto mesmo,
digo sem o menor pudor,
de tantas vidas que vivem,
que produzem,realizam
e não sei se sonham ou não.

Só sei que penso primeiro
e as vejo realizando
tudo aquilo que sonhei.

E vivo me perguntando
que há de errado comigo:
não me falta inteligência,
a mim não falta ideal;

há qualquer coisa que impede
os meus pés de caminharem.

E vou vivendo com os sonhos
e vou vivendo a inveja,
não querendo que o irmão
perca o que realizou,
mas com o coração doendo,
me interrogando porquê
meu sonho em si se acabou.

Vendo aqui do meu lado
surgir,crescer,abençoado,
meu sonho materializado
e por outros desfrutado.


Magníficos os que são capazes de realizar.
Como os invejo!

Deus os abençoe!

***

Sonia Regina /1999

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

OUTROS MUNDOS


Os homens que conheço não me parecem reais,
senão simples arremedos de machos falidos.

Os homens de verdade habitam meus sonhos,
meus livros, bem longe, quiça, bem perto, na eternidade.

Os homens de verdade, o homem, na verdade, está lá a me esperar para ensinar-me a ser feliz.

***

Sonia Regina

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

SONS...VOZES...




Sons... Música, instrumentos de trabalho lá fora na rua, ruído de carros, zumbido do ventilador de teto, televisão que "fala"pra ninguém, motor da máquina da lavar, vozes, a voz...

Ah!a voz...Importantes aquelas que se ouve sem que se veja o rosto de quem nos fala.Vozes marcam, algumas a ferro, para mostrar a quem pertence certas almas.

Se pensamos no som da voz, na entonação,naquele modo peculiar de pronúncia que cada um tem, tempo retorna como uma onda nos levando no "caixote".

O tempo muda tudo: a aparência de todos, os sonhos(a maioria desaparece com ele), situações, personalidades- que se acomodam ou incomodam- e não mudou a inflexão de uma voz nem os sentimentos que provoca.

Ouvindo sua voz distante, parecia que era ontem, quando conversávamos, sempre às 20:30h. Neste ontem se vão quarenta anos.

Onde foi parar o que nos movia a nos falar todos os dias? Onde foi parar o interesse pelos assuntos um do outro? Será que foi apenas velado?

Sinto que reluta em desligar, insiste em explicar muitas vezes o mesmo tema e teimo em querer ouvir mais e mais, sabendo que vou adormecer com aquele som no coração, que será, então, aquecido do frio de que padece há quatro décadas...com saudade do que um dia fomos...

***


Sonia Regina / 1999

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

BATISMO DO BLOG

< name="movie" value=" < width=" height="364">


Decidi postar este vídeo do talentoso Grupo Roupa Nova cuja música inspirou-me para nomear o meu blog.

A música fala de um amor perdido e não foi esse o meu motivo do batismo com o referido nome. Apesar de achar a canção e o poema lindíssimos, eu desejava mesmo "gritar" poesias, crônicas e pensamentos que trazia guardados há muitos anos. Todos eles retratam o que vivi e o que trouxe em meu interior pela vida (sob cada post existe a data em que foi escrito) e acredito que viverei ainda outras experiências a relatar.

A frase que dá nome ao blog é gritada pelo Paulinho (o vocalista do grupo) com uma entonação que me toca a alma e é tudo que queria fazer há muito tempo:...gritar pra todo mundo ouvir...

******

Publico a letra que é uma beleza!!!!


Amanheci sozinho
na cama um vazio...
Meu coração que se foi
sem dizer se voltava depois,
sofrimento meu...;
não vou agüentar
se a mulher
que eu nasci prá viver
não me quer mais...


Sempre depois das brigas
nós nos amamos muito!!!
Dia e noite a sós
o universo era pouco prá nós...

O que aconteceu
pra você partir assim?
Se te fiz algo errado:
Perdão!Volta prá mim...

Essa paixão é meu mundo,
um sentimento profundo:
sonho acordado um segundo
que você vai ligar.

O telefone que toca:
eu digo alô sem resposta
mas não desliga
escuta o que eu vou te falar...

Eu te amo e vou gritar
pra todo mundo ouvir...

Ter você é meu
desejo de viver!

Sou menino e teu amor
é que me faz crescer
e me entrego, corpo e alma
pra você...



Composição de Cleberson Horsth - Ricardo Feghali

***

Sonia Regina,18/10/2008







***********************************************************************************
DESAFIO DE ANO NOVO


Recebi da minha amiga Viviana do blog "Olhai os Lírios do Campo" que o recebeu de Elaine, do blogue: http://elainegaspareto.blogspot.com, este simpático convite para participar desta PROMOÇÂO DE ANO NOVO.

Obrigada amiga Viviana por lembrar de meu nome.

Devemos citar o nosso maior desejo em 2010.

Então aí vai:-Em 2010, eu quero ver todos os seres humanos serem tratados do mesmo modo,sem qualquer espécie de preconceito. Que a todos sejam dadas as mesmas oportunidades para que possam revelar suas potencialidades. Que todos tenham o mesmo carinho, que a todos possa ser oferecido tratamento de saúde digno e educação de qualidade. Quero viver o suficiente para assistir a todos esses acontecimentos!

Repasso este desafio às amigas:

-Kariny do blog Menina Robô
-Verônica do blog Amanheceu ...um Novo, LIndo Dia!!!
-Carmen do Blog Anseios da Alma

-Solicito que façam o favor de dar continuidade ao desafio, indicando cada uma, três pessoas a quem passam o testemunho; e que vão até ao blogue da Elaine, informar através de um comentário no post deste desafio, quem são essas pessoas, e também, ESCOLHER o livro que desejam receber, caso venham a ser premiadas.

Recapitulando: A amiga leva o selo, posta no seu blog, completa a frase que está no selo e convida mais 3 pessoas para participar, sem esquecer de dizer a cada uma para avisar a Elaine que está participando. E diz qual livro gostaria de ganhar se for um dos premiados.

Boa Sorte a todas!!!

Sonia Regina

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

ACONTECEU NO NATAL...


Meia-Noite,Natal...

Brincadeira do amigo oculto...,
presentes em distribuição,
papéis rasgados,
crianças ansiosas... adultos não menos...

Rapaz sério, poucas palavras,
emoções contidas
levanta-se para descrever
quem seria seu amigo.

Acanhado inicia sua fala
tímida, meio que sufocada,
embargada...

O Espírito de Natal se acerca dele
e sua voz e coração vão se soltando
e todos se calando
com as doces e fortes palavras
dirigidas à sua amada.

O rapaz contido
deixa seu amor fluir
e declara
para a sala repleta
tudo que a mulher ansiava por ouvir.

Sem nenhum pudor
ele fala do orgulho
de tê-la como esposa,
do respeito por sérias etapas vencidas
na doença e agora, como Presente Divino,
com força mútua, na saúde...

Declara do companheirismo entre os dois
das ajudas recíprocas.

O rapaz contido, abre o coração
e as lágrimas desabam em seu rosto
e no rosto de todos.

As crianças emudecem
sem entender muito bem.

A mulher amada, de lindos olhos
regados em amor,
sorri e chora com ele:
ouvira, afinal, tudo que desejara...

O presente? Já não importava muito!!!

Aquele Amor assim desabado,
declarado, sem pudor de sua beleza
foi o melhor presente para sua surpresa!

O rapaz tão comedido
revelou que corações
serão sempre corações...
Amor mostrou que tem
lugar cativo em todos eles.

Ou será que foi
um Amor mais especial
que pousou naquela sala
em meio a todos nós
a nos mostrar
que julgamentos não tem nenhum
valor, que o que conta é o Amor!!!.
O Amor tocado pelo calor do Natal!
***
Sonia Regina, em uma linda noite de Natal em 2009