QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

sábado, 24 de dezembro de 2011

O SONHO DE MARIA




Eu tive um sonho, José, que não pude decifrar...
Celebravam o Natal, sem nosso filho chamar.
Uma grande e linda festa, as pessoas preparavam,
mas do nosso menininho, elas nem mesmo lembravam.

Decoraram e iluminaram, a casa, com grande pompa!
Gastaram muito dinheiro, fazendo uma enorme compra!
Engraçado, mas não vi, presentes pro nosso filho,
entre todos os pacotes, enfeitados com fitilho...

Muitas bolas coloridas, na árvore penduradas,
- Coitadinho do pinheiro, teve a raíz arrancada! -
Um anjo, bem lá no alto - esse sim, gostei de ver,
lembrei da anunciação, antes de Jesus nascer!

Ao trocarem os presentes - melhor mesmo que eu não visse -
nem falaram em Jesus, como se não existisse!
Celebrar aniversário de alguém que não está presente...
Você entende, José? Não é pra ficar doente?

Acho mesmo que meu filho, ficaria tão confuso...
Se aparecesse na festa, o achariam "um intruso"!
Não ser desejado, é triste, depois do grande calvário...
Dando a vida pelo irmão, num triste e cruel cenário!

Ainda bem que foi sonho... pois muito triste seria,
Ele voltar para a Terra, sentir que ninguém queria!
Mais um Natal, este, agora, em que eu iria dar à luz,
sem saber se o povo entende, a grandeza de Jesus!

*****

Mírian Warttusch , postado por Sonia Regina

sábado, 3 de dezembro de 2011

PORTÃO ANTIGO



Há fases em nossas vidas em que necessitamos mergulhar em nós mesmos como as lagartas em seus casulos à espera da metamorfose.

Mergulhei e ainda não consegui sair em meu voejar com as respostas procuradas.

Quero que saibam que sinto muita falta deste contato amigo e das visitas aos seus espaços sempre ricos em inspiração!

Agradeço a todos que aqui vieram apesar de minha ausência que sei ser temporária.

Aqui envio a letra de uma canção que muito me fala à alma esperando que meu recado atinja seus corações!



*****************************************************************************

Quero voltar
aquele portão antigo
para buscar
minha saudade.

Quero chegar de repente,
abraçar minha gente,
chorar de alegria.

Depois entregar o cansaço
à rede macia do terraço.


Quando eu chegar
na hora mais sossegada
põe mais um prato na mesa:
estou aqui!

Hei de encontrar em seu olhar
a vida que perdi...
Quero voltar para ficar,
mais nada !

***

Antonio Maria , postado por Sonia Regina

domingo, 30 de outubro de 2011

PODER DOS ANJOS


Palavras e pensamentos são armas poderosas.

Usemos, então, pensamentos e palavras para realizarmos nossos mais íntimos e divinos sonhos.

A força de todo ser humano, partícula de Deus, chama luminosa do sopro divino da vida é incomensurável.

Pensemos firmemente nisto.

Somos capazes de tudo realizar e tudo que sonharmos é passível de tornar-se realidade.

Pensemos firme e para o bem, sem prejudicarmos a quem quer que seja, mas conscientes que em qualquer batalha, mesmo as divinas, existem vencedores e perdedores.

Vivamos em alegria interior sabendo que cada momento nos pertence por obra de Deus.

Façamos de nossos momentos sementes de felicidade para nós e para os outros.

Sonhemos sem medo e esperemos com confiança porque os Anjos do Senhor existem para realizar os sonhos de quem souber sonhar...


*****

Sonia Regina, 11/09/1996

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

SÓ...JAMAIS SOZINHA...


Estou só
mas não sozinha...
Aqui estou
mas já parti!

Vou caminhando
na estrada
sequer saio do lugar...

Vim de tormentas
pacatas
sem um grito,
uma lágrima,
um queixume...

Mas ainda estou aqui
cansada, magoada, ferida,
nesta tarde ensolarada...
temporal interior!

Estou só
mas não sozinha,
aqui estou
mas já parti!

Quem sabe nesta partida
consiga então me encontrar
pois perdida ando de mim,
comigo vivendo só!

Você que me lê
e escuta
não lamente o meu destino...

Fui eu que o criei assim:
só, meio que perdida,
nunca partindo ...
sempre sorrindo!!!

****

Sonia Regina, 17/09/2011

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

PENSANDO...DEIXAR IR...


Nossos filhos não são nossos,
pertencem a eles mesmos.
Para o trajeto que farão na vida
lhes fazemos as malas,
colocamos,cuidadosamente,
todo tipo de utilidade,
agasalhos,remédios,alimentos.

Orientamos-lhes
para que sigam o melhor roteiro,
mais fácil,onde o calor não castigue,
o frio não maltrate.

Abençoamos-lhes e eles iniciam a caminhada.
Se farão uso de tudo que lhes oferecemos
é um segredo que só a eles pertence.

Mães acalmem seus corações
e roguem a Deus a proteção
para seus meninos!

Ele não será surdo aos seus pedidos.

****

Sonia Regina/1994

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

LINHAS...



Linhas em branco sempre me seduzem...




Vidas em branco já me seduziram até que,




descobri, que apesar de tentar e tentar preenchê-las




elas continuavam em branco...





Daí, agora, só os papéis em branco me seduzem!


****




Sonia Regina/1996

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

QUERO CHORAR...





Quero chorar, não tenho lágrimas
que me rolem nas faces
pra me socorrer...
Se eu chorasse,
talvez desabafasse
o que sinto no peito
e não posso dizer!




Só porque não sei chorar
eu vivo triste a sofrer!





***


Max Bulhões e Milton Oliveira,postado por Sonia Regina

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

PASSOU....




Em algum lugar,
bem lá atrás,
no meu passado,
existiu o momento certo
em que a felicidade
passou juntinho a mim.

Eu, sem malícia,
não percebi e
a deixei passar.

Mesmo que quisesse,
jamais, nesta vida,
a poderia recuperar.

Que, na eternidade
ela, ainda, esteja
a me esperar...

*****

Sonia Regina,12/06/1989

domingo, 17 de julho de 2011

SEM RESPOSTAS






Como encontrar
a emoção perdida?
Como escutar
palavras já ouvidas?

Como fazer coração
bater no compasso exato?
Como rever as pessoas desejadas?
Como sentir o medo do não vir?

Tudo tão certo,
tão ajuizado!
Exatamente como lhe ordenaram.

O que ganhou com isso?
O travo nos lábios,
o sorriso fácil e falso,
as mãos trêmulas
e a palavra dura.

Largando a emoção
por aí, sem cuidado,
abandonou jogados
seus sonhos de amor,
e ficou por aqui
sem respostas,
sem nada.


****

Sonia Regina, 28/04/1986

sexta-feira, 1 de julho de 2011

AMOR


Pouco amor não é amor!

Quem ama não judia!

Quem ama cria:

asas, afetos, felicidade.

Quem ama sorri sempre

e para sempre é feliz.


Quem ama, nem sempre,

está ao lado de alguém:

muitas vezes, ama-se

apenas ao próprio Amor

e nesse Amor

encontra-se a vida!


***


Sonia Regina,03/07/1990

quarta-feira, 15 de junho de 2011

OCASO DO CASO


Julguei que do acaso
nascesse nosso caso...

Só consegui
com este acaso
criar um longo e
triste ocaso!!!

******

Sonia Regina , 2011

terça-feira, 7 de junho de 2011

POEMA DO AMORADO


Cantaria uma canção
se soubesse a sintonia
pra chegar ao coração
dessa menina.

Comporia sinfonias
só para ver-te
serena e confiante
descansar.

Transporia audacioso
essas muralhas
se a certeza
d'outro lado te encontrar
me habitasse o coração.

Te abraçaria na rua
a frente de qualquer um,
beijaria tua boca
se a certeza de que isso
te faria mais feliz.

Gritaria bem alto
que te amo
e contigo quero estar,
se em meu peito
a certeza se fizesse
que depois disto
comigo irias ficar.

Mas, sempre, brincas comigo
dizendo me querer bem
e tantas e tantas vezes
foges correndo de mim.

Não sabes, princesa linda,
o amor que estás perdendo!
Não sabes, talvez sabendo,
por isso mesmo temendo,
o tamanho de emoção
que eu tenho pra te dar.

Me espera, apenas te peço,
espera pra eu te mostrar!

Se de sonhos não se vive,
posso, sonhando ao teu lado,
te oferecer muito mais
em vida, em felicidade
que qualquer um
que na vida
jamais, em dia nenhum
contigo tenha sonhado,
e viverei para sempre
para ser teu amorado!


*****



Sonia Regina,1996

sexta-feira, 20 de maio de 2011

SAUDADE


Saudade


A marca das pessoas
permanece
em cada lugar onde passaram:
praias, caminhos, cachoeiras,
móveis,adornos...
Como, então, possível
apagar essas marcas
de nossos pensamentos e corações?

As imagens, em tela mental
permanecerão para sempre
em nós impressas.
Basta fechar os olhos
e elas ali estão.
Basta soltar o pensamento
e os aromas e palavras retornam.
E, no peito, a saudade...
as imagens do que poderia ter sido.


***********



Sonia Regina, 17/01/1996

segunda-feira, 9 de maio de 2011

SORRISO MACHUCADO


Em meu rosto

maltratado...

desarmado...

seu desamor semeou

meu sorriso

machucado!!!


*************

Sonia Regina

quinta-feira, 5 de maio de 2011

SAUDADES ETERNAS





Homenageio às mães! Àquelas mães que partiram e deixaram suas presenças marcadas em cada momento de seus filhos. Saudade presente em cada dia..., sempre viva. Este poema foi escrito no dia em que minha mãe desencarnou e só agora o exponho para quem retém suas mães no coração para sempre.
...............................................................................................................................................................................
Aqui nos separamos
foi hoje nosso adeus.
Não sou eu que lhe deixo,
é você quem vai embora,
e eu choro e eu choro
mas você não vê!

Daqui para diante
sigo sem lhe ver,
sigo mais sozinha e triste
e essa tristeza comigo vai ficar.

Não sei para onde vão
você e seu amor,
amor imenso,
que se dava sem nada exigir.
Só sei que não se perde
nesta tristeza enorme...
Amor tão grande e amigo
não se acaba em lágrimas,
não se finda em prantos,
não aceita adeus.

Adeus! Mamãe querida,
um dia nos veremos,
um dia seguiremos
pela mesma paz:
a paz está no seu rosto,
a paz vai com você.
Adeus! Mamãe querida!
Até um dia! Adeus!

Sua filha que morre, aos poucos, de saudades!

********

Sonia Regina, 28/05/1974

quinta-feira, 28 de abril de 2011

FORA DO TOM


Meu cantar
emudeceu na garganta.

Minha voz
já não encontra o tom.

Meu violão?
Enferrujaram as cordas,
não posso mais tocá-las,
perderam o som.

O mais triste
é que ninguém chorou,
ninguém me lamentou,
nada se perdeu,
a não ser eu...

*****************

Sonia Regina,09/05/1978

quinta-feira, 14 de abril de 2011

FIM

Fim de jornada...


Um a um aqueles a mim tão queridos

vão deixando a festa.


Hora do apagar das luzes

e eu, que não tenho caminho

definido a seguir,vou ficando.


Assisto às janelas serem trancadas,

as cortinas cerradas,

o chão varrido.


Nada deve lembrar

os festejos que ali aconteceram.


Um a um os móveis são cobertos,

os criados se despedem.


Eu, permaneço ali,

em meio aos salões que brilharam

e sorriram para mim ou de mim.


Confusa estou:

sinto que aguardam que me retire

e eu, sem saber para onde ir

não me atrevo a sair.


Já não há festas,

mas aqui tudo é quente e aconchegante.


Seria bom ter direções,

saber qual caminho seguir

para encontrar aqueles que partiram...


**************



Sonia Regina, 27/07/1991

quinta-feira, 31 de março de 2011

EM ALGUM LUGAR....

Em algum lugar do passado

deixei minha emoção,

meu sentir,

todas as venturas que podiam ser.


Em algum lugar no passado

deixei a juventude,

a alegria, a felicidade.


No presente,

coração descompassado,

a bater acelerado por saber


que tudo que queria

somente o teria

em algum lugar do passado!!!


*********


Sonia Regina, 18/01/1990

segunda-feira, 21 de março de 2011

DIA INTERNACIONAL DA SÍNDROME DE DOWN

a>

Hoje, 21 de março, é o Dia Internacional da Síndrome de Down...você sabia?!

Tenho certeza de que a maioria dos que me lerem não sabem disto!


Deixo para todos um texto que escrevi há algum tempo mas que poderia ter escrito hoje, pois até aqui, nada mudou! (reconheço que é longo mas conto com a paciência e compreensão dos amigos.)


**********************************************************************************



PESSOAS INVISÍVEIS, POR ENQUANTO...



Sou mãe de uma mocinha com Síndrome de Down e sábado passado ela e outros iguais foram convidados para adentrarem ao campo do Engenhão de mãos dadas com os jogadores do Botafogo para uma cerimônia sobre a Acessibilidade, antes do início da partida.




Vieram pessoas de longe, enfrentando engarrafamentos e a cerimônia foi realizada com êxito e beleza.




No dia seguinte procurei nos jornais referências ao fato e nada foi noticiado. Daí vem a minha pergunta: -Que cultura é essa que não dá a menor importância a fatos como esse envolvendo a sensibilidade de seres humanos?




Que mídia é essa que estampa em suas primeiras páginas e noticiários televisivos as mulheres-melancia, os cantores associados ao tráfico de drogas, os roubos, assassinatos e um fato belo e importante não tem sequer um comentário em nenhum veículo de comunicação?




Porque pessoas e movimentos como a Acessibilidade de deficientes em lugares públicos e de entretenimento parece não serem vistos por ninguém quando o estádio estava repleto e a imprensa se fazia presente?




Parece que não aconteceu nada e tenho certeza de que a maioria que ler este desabafo também não ouviu falar dele e o motivo é que nossos filhos diferentes, como eu sou diferente de voces todos e da mídia em geral, e todos nós somos diferentes, cada um com a sua necessidade específica, na nossa cultura são seres ignorados, mas lembrem-se, eles existem, se esforçam, brilham em muitos setores artísticos (a minha filha dança como eu nunca consegui fazê-lo e tece tapetes lindíssimos e perfeitos que sequer os vendo porque não têm preço, lê correntemente, interessa-se pelos fatos cotidianos e estuda matemática já tendo, inclusive, recebido medalhas de honra ao mérito pela dedicação ao estudo,como várias outras mocinhas).





Sou eu que estou exaltada, a mídia que é cega, as pessoas é que são insensíveis ou a cultura do país é que não enxerga indivíduos úteis e produtivos em vários aspectos da sociedade?




Afinal, que importância tem que deficientes possam assistir, entrar e sair de casas de espetáculos, estádios,possam circular pelas ruas, entrar em bancos, restaurantes ou em qualquer lugar público com facilidade e segurança?





Essa é a cultura a que a grande maioria está acostumada: deficientes são para se ter "peninha" ou um sorriso complacente...mas isso está mudando com a própria força e esforço deles que suavemente, com suas artes, seus estudos vêm chegando, procurando e ocupando seus espaços!




Um dia, a mídia e todos irão enxergá-los!!!



*************************************************************



Sonia Regina, 02/09/2008

sábado, 12 de março de 2011

RECADO


Deixa em paz meu coração...


que ele é um pote até aqui de mágoa...


e qualquer desatenção...faça não!


Pode ser a gota d'água!!!



*********


Chico Buarque de Holanda, postado por Sonia Regina

sexta-feira, 4 de março de 2011

ESTRELA DO MAR

Esta é a letra de uma linda marcha de carnaval, gravada por Dalva de Oliveira.

Já se fez poesia no carnaval!!!!!!!!!!!

FELIZ CARNAVAL PARA TODOS!!!!


***************************************************************
Um pequenino grão de areia,

que era um pobre sonhador

ohando o céu viu uma estrela

e imaginou coisas de amor...


Passaram anos, muitos anos...

Ela no céu e ele no mar...

Dizem que nunca o pobrezinho

pode com ela se encontrar.



Se houve ou se não houve

alguma coisa entre eles dois,

ninguém soube até hoje explicar!

O que há de verdade

é que depois, muito depois

apareceu a estrela do mar!!!


*******

Marino Pinto e Paulo Soledade, postado por Sonia Regina

domingo, 27 de fevereiro de 2011

BLIM! BLIM! BLIM!


Domingo...
Ela silencia...
Silêncio...

Na varanda
o sino do vento:
Blim! blim! blim!

Desrespeito...
Se irrita...

Phah!

Não mais
blim! blim!

Silêncio...
mais um domingo...
de silêncio!!!

*****

Sonia Regina, 27/02/2011

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

MINUTOS



Sentada no banco da praça, à hora do vai-e-vem das moças e rapazes em direção às escolas, em meio a tanta juventude ponho-me a refletir sobre a beleza dos jovens.

Não existe um só que não a possua, é luz brotando do interior de cada um deles.

Esses que vejo passar, ocupados, estudiosos, com seus livros, parecem saber de seus caminhos.

Só não sabem é do tempo...

Ignoram que minuto a minuto é sua contagem e que cada um deles, se não for ganho estará para sempre perdido, sem retorno.

Precisam aprender que não se deixam passar minutos sem sugar-lhes todos os segundos, um a um.

Esses jovens limpos, belos, muito têm a me ensinar: ensinar-me o caminho que perdi, os minutos que permiti que se escoassem sem vivê-los!!!

*******

Sonia Regina, 15/04/1993

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

DECLARO-ME VIVA!!!!


Hoje é o meu aniversário...O ano que passou foi tempestuoso...lutei...trilhei caminhos inimagináveis...me feri e venci.

Aos meus amigos deixo como presente esta beleza de texto ou de oração...
***************************************************************************



Saboreio cada momento.

Já me preocupei
quando os outros falavam de mim.
Então fazia o que os outros queriam,
e a minha consciência me censurava.

Entretanto, apesar do meu esforço
para ser bem educada,
alguém sempre me magoava.

Como agradeço a essas pessoas,
que me ensinaram que a
vida é apenas um cenário!

Desse momento em diante,
atrevo-me a ser como sou.

A árvore anciã me ensinou
que somos todos iguais.

Sou guerreira:
a minha espada é o amor,
o meu escudo é o humor,
o meu espaço é a coerência,
o meu texto é a liberdade.

Perdoem-me,
se a minha felicidade é insuportável,
mas não escolhi o bom senso comum.
Prefiro a imaginação ,
que tem embutida a inocência.

É possível que tenhamos que ser apenas humanos.
Sem Amor nada tem sentido,
sem Amor estamos perdidos,
sem Amor corremos o risco de estarmos
caminhando de costas para a luz.

Por esta razão é muito importante
que apenas o Amor
inspire as nossas ações.

Anseio que descubras
a mensagem por detrás das palavras;
não sou sábia,
sou apenas um ser apaixonado pela vida.

A melhor forma de despertar
é deixando de questionar se nossas ações
incomodam aqueles que dormem ao nosso lado.

A chegada não importa,
o caminho e a meta são a mesma coisa.
Não precisamos correr para algum lugar,
apenas dar cada passo com plena consciência.

Quando somos maiores que aquilo que fazemos,
nada pode nos desequilibrar.
Porém, quando permitimos
que as coisas sejam maiores do que nós,
o nosso desequilíbrio está garantido.

É possível que sejamos apenas água do rio fluindo;
o caminho terá que ser feito por nós.

Porém, não permitamos que o leito escravize o rio,
ou então, em vez de um caminho, teremos um cárcere.

Amo meus momentos de loucura
que me vacinam contra a estupidez.

Amo o amor que me imuniza
contra a infelicidade que prolifera,
infectando almas e atrofiando corações.

As pessoas estão tão acostumadas
com a infelicidade,
que a sensação de felicidade
lhes parece estranha.

As pessoas estão tão reprimidas,
que a ternura espontânea as incomoda,
e o amor lhes inspira desconfiança.

A vida é um cântico à beleza,
uma chamada à transparência.

Peço-lhes perdão, mas….

DECLARO-ME VIVA!


Luis Espinoza, postado e adaptado por Sonia Regina.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

SÓ UM POUQUINHO....





É muito pouco o que dás;
o que fazes não tem valor
sem amor no coração.

Amor, amor, amor,
em seu nome a vida passa
o tempo foge
e o amor não vem.

Quem é que tem
um pouquinho de amor para dar?

********


Sonia Regina,03/07/1990

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

...PIOR PRA VOCÊ...


"Hoje foi um dia ruim...
Amanhã será pior...

Pior para quem estiver em nosso caminho."


*************************************************************************

Então que venham os dias.

Um sorriso no rosto e os punhos cerrados que a luta não para.

Um brilho nos olhos que é para rastrear os inimigos (mesmo com medo, enfrente-os!)

Necessário coração em chamas para manter os sonhos aquecidos. Acenda fogueiras.

Não aceite nada de graça, nada. Até o beijo só é bom quando conquistado.

Escreva poemas, mas se o insultarem, recite palavrões.

Cuidado! O acaso é traiçoeiro e o tempo é cruel, tome as rédeas de seu próprio destino.

Outra coisa: pior que a arrogância é a falta de humildade.

As pessoas boazinhas também são perigosas, sugam energia e não dão nada em troca.

Fique esperto, amar o próximo não é abandonar a si mesmo.

Para alcançar utopias é preciso enfrentar a realidade.

Quer saber quem são os outros? Pergunte quem é você.

Se não ama a sua causa, não alimente o ódio.

Por favor, gentileza gera gentileza. Obrigado!

Os Erros são seus, assuma-os. Os Acertos também, divida-os.

Ser forte não é apanhar todo dia, nem bater de vez em quando, é perdoar e pedir perdão, sempre.

Tenho más notícias: quando o bicho pegar, estará sozinho. Não cultive multidões.

Qual é a sua verdade? Qual é a sua mentira? Seu travesseiro vai lhe dizer. Prepare-se!

Se quiser realmente saber se está bonito ou bonita, pergunte aos seus inimigos, nesta hora eles serão honestos...

Quando estiver fazendo planos, não esqueça de avisar aos seus pés, são eles que caminham.

Muito, muito amor, mas raiva é fundamental.

Quando não tiver palavras belas,improvise. Diga a verdade.

As manhãs de sol são lindas, mas é preciso trabalhar também nos dias de chuva.

Abra os braços. Segure na mão de quem está na frente e puxe a mão de quem estiver atrás.

Não confunda briga com luta. Briga tem hora para acabar, a luta é para a vida inteira.


O Dia que nasce tem cara de gente boa, mas não acredite nele...acredite em você!!!


FELIZ TODO DIA!!!
************************************************

Sergio Vaz,postado por Sonia Regina.






terça-feira, 11 de janeiro de 2011

...SÓ PARA TE INFORMAR...


Queres saber? Informo-te!

Queres saber?
Estou bem,
estou feliz,
sozinha,
sem solidão...


Queres saber?
Já não ligo
se não vens...

Não escuto
teu silêncio,
tuas palavras
ausentes...

Queres saber?
Admito que
procurava por ti
ansiosa, esperançosa...

Cansei de tanto esperar:
não bastava não saber
que rosto tens?
como seria o sorriso?
a cor que brilha em teus olhos?
o que fazes?
onde andas?

Queres saber?
Já nada disso me importa...
Sequer abro a minha porta
pois sei que não vais chegar...

Queres saber?
Admito o vazio,
aceito o meu desprazer...

Admito, mas zangada,
que não me importa a ausência...
Apenas o que me dói,
que machuca minha alma
é esta saudade bôba
que acontece no mistério
e sei...não queres saber!

******

Sonia Regina, janeiro/2011