QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

O OURO E A MADEIRA




Não queria ser o mar
me bastava a fonte,
muito menos ser a rosa
simplesmente o espinho.
Não queria ser caminho
porém o atalho,
muito menos ser a chuva
apenas o orvalho

Não queria ser o dia
só a alvorada,
muito menos ser o campo
me bastava o grão.
Não queria ser a vida
porém o momento,
muito menos ser concerto
apenas a canção!

O ouro afunda no mar,
madeira fica por cima;
ostra nasce do lodo
gerando pérolas finas!


Ederaldo Gentil,postado por Sonia Regina.

6 comentários:

Viviana disse...

Querida Sónia,

Não tenho podido visitar os blogues amigos há já algum tempo.

A partir de hoje vou ver se normalizo a situação.

Muito lindo seu post.

Fez-me lembrar um poema de Myrtes Mattias, poetisa brasileira que muito admirei e que já partiu para a eternidade, poema que tem por título:

"Eu queria ser apenas uma capelinha branca no alto da montanha"

Um dia talvez o publique.

Um grande abraço, minha boa e linda amiga
viviana

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Já estava mesmo sentindo a sua falta!!!!A gente sente saudades...

Este poema é a letra de um samba,mas sempre o achei lindo,hoje acordei com a música no pensamento e decidi colocá-lo no blog.

Um beijo carinhoso!!!

Sonia Regina.

Pelos caminhos da vida. disse...

Belo post amiga.

Qto ao comentário que fez ontem no meu blog,faço das tuas palavras as minhas.
Um lindo dia para vc.

beijooo.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Amiga querida!Você viu no post que o Olavo colocou sobre este assunto?...penso que a maioria de nós pensa do mesmo modo...

Beijos!Sonia Regina.

Cadinho RoCo disse...

Mas é lindo este poema em que o autor se esquiva daquela máxima de que quem tudo quer, tudo perde.
Em resposta à sua pergunta em comentário no Cadinho, pintar e escrever para mim são situações bem distintas. Mas hoje escrevo sob inspiração do que pinto, o que não quer dizer que amanhã poderá a coisa acontecer em sentido inverso.
Cadinho RoCo

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Cadinho!Tudo que faz,pintar e escrever são parte de sua alma que você desvenda com brilhantismo!

Beijo!Sonia Regina.