QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

BAILINHO DOS ANOS DOURADOS


Final da década de cinquenta. Bailinho de começo de noite, sempre realizado em casa de um parente de olhos atentos.

A sala em borborinho: risadinhas das moças, olhares cobiçosos e disfarçados dos rapazes. Alguém sempre procurando um par. Moças de um lado da sala, rapazes de outro. Elas, pacientes e ansiosas aguardando que eles a convidassem para dançar. É, naqueles anos, havia que se esperar o convite e só se dançava aos pares, até mesmo o rock, mais ligeiro e de passos acrobáticos havia que ser dançado por um casal.

Eles, fingindo segurança, morriam de medo que a mocinha lhes negasse a contradança, pois era, então a maior desfeita que poderiam receber em uma ocasião como essa, e o pior, frente a todos os amigos.

Ela o namorara durante alguns meses, namoro de mãos dadas e beijinhos furtados, no rosto, beijo,de verdade, ou seja boca na boca, sem essa de língua, só de assalto mesmo, no susto e porque negar, para o prazer de ambos. Estavam brigados, se fingiam amigos, se falavam, mas, na verdade os dois estavam sonhando com o dia em que "voltariam" ( era o termo usado para quem reatava um namoro ).

A música rodando na vitrola, tocava e ninguém a tirava para dançar nem ele convidava qualquer das meninas para girar no salão. Ele estava em uma poltrona defronte a ela que,do outro lado da sala, mantinha-se de pé. Recomeça mais uma canção, Only you, cantada pelo conjunto The Platters, que sempre dançavam juntos.

Ele faz um pequeno sinal com a mão e o coração dela quase explode de alegria, afinal, ele a convidara e ela iria para junto dele, sentiria seu perfume, Lancaster.Ele a enlaçaria suavemente a uma distância conveniente e ela sentiria o calor de suas mãos e abraçaria o mais perto que pudesse a sua nuca. Lá não chegaria, pois isso era proibido, tentava adivinhar como seria se pudesse abraçá-lo de verdade.

A mocinha era só sorrisos, sorrir para ela era fácil e o rapaz em sua beleza, para ela única, dançou a música inteira com um meio sorriso nos lábios mas com o carinho costumeiro que tinha ao dançar com ela. A música terminou e o moço agradeceu pela dança, como era costume e foi levá-la ao seu lugar ( isso devia ser feito, sempre, levar a dama ao lugar de onde a tirara para dançar).

Antes de afastar-se sussurou que precisava lhe dizer uma coisa e ela imaginou : - Vai me pedir para fazermos as pazes! Ele olhou nos olhos verdes da menina e declarou com olhos frios e debochados: - Quando lhe fiz aquele sinal eu estava lhe oferecendo o meu lugar para que se sentasse e não a convidando para dançar.

Nesse dia a linda mocinha chorou! Três dias depois haviam feito as pazes e namoraram por algum tempo, mas deste bailinho ela jamais esqueceu...e do rapaz também não!

................................................................

*Esse conto é absolutamente verídico...

Sonia Regina, 04 / 08 / 2008

16 comentários:

Déia Arakaki disse...

Oi Minha Querida...
Não vivi nessa época , mais ela me encanta pelo respeito , pela austeridade enfim pelos valores que se perderam com o decorrer dos tempos.
Uma historia que conta os anseios de um amor e tambem porque nao dizer as primeiras desilusoes..

Beijos querida

Otimo FDS

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Déia!Era uma época muito bonita mas meio castradora e hipócrita!!!

Bom seria só uma pitadinha do respeito de antes mas com a naturalidade de hoje.

Agora os amores e desilusões são deliciosamente inesquecíveis!!!

Beijos!!!Sonia Regina.

disse...

Olá migaaaaaaaaa

Adoro muuuuuuuuuuuito quando ao entrar no meu blog vejo um comentário seu....muito obrigada mesmo!
Tentarei vir aqui mais vezes....to realmente sem tempo livre mas nem que seja de noite antes de cair de sono estarei aqui!!
Adoro demais ser sua amiga e ainda mais seus conselhos....sempre perfeitos e lindos!
Que você tenha uma fim de semana maravilhoso! beijão

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Que bom Sô que gosta dos meus comentários.Aliás quem posta num blog espera é por isso mesmo!!!!

Beijo!!!Sonia Regina

Angela Guedes disse...

É verdade Sonia,
os amores e desilusões são deliciosamente inesquecíveis!!!
Sempre passa pela nossa cabeça,
os momentos felizes,
como se fosse um filme reprisado.
Um beijo.
Angela

.: Phoenix :. disse...

Concordo contigo, Sonia...
Época linda mas muito castradora, porém... mesmo assim dá certa saudade.

Amiga, cheguei ontem e só hoje vi tuas mensagens.. perdi o desafio da sexta foto :'(. Desculpa.

Adorei a imagem do teu blog. Ficou showwwwwww.

Beijão enorme!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Oi,Angela!Às vezes penso que essas deliciosas lembranças é que levam a vida para adiante...

Um beijo e obrigada por vir me ver!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Phoenix!Ainda está em tempo,rsrsrs!!!

A gente,eu ao menos,sinto saudade de tudo mesmo das limitações que me foram impostas,quem sabe se não fossem elas eu não seria quem sou?Devia ser um aprendizado...

Beijos,querida!Fui ao seu blog todos os dias mas você nunca estava lá!!!

Mais beijos!!!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Phoenix!Obrigada pelo elogio à imagem...mudanças são necessárias!

Beijos!!Sonia Regina.

Pelos caminhos da vida. disse...

Olá amiga,é muito bom estar de volta,senti muitas saudades de vcs,dos meus csntinhos.
Esse feriado foi mesmo mais pra se reunir com a familia,descansar,foi muito bom,demorei um pouco pra voltar pois dia 27 era niver da minha mãe ai fiquei pra homenagear junto com ela,eu e minha irmã reunimos um pessoal e fizemos uma festa pra ela(73 anos)ficou toda alegre,valeu.

Agora estou indo de blog em blog agradecer as visitas durante a minha ausência,por isso demorei um pouco pra chegar até aqui.

Obrigada amiga por sempre estar presente nos meus cantinhos.

Um gde abraço pra vc e um domingo bem iluminado.

beijooo.

Luciana disse...

MUITO LEGAL SEU BLOG, QUERIA QUE MINHA MAMIS SE INTERESSASSE POR ESTAS COISAS, MAS ACHA Q O COMPUTADOR VAI MORDE-LA, RS, BJS. AH VISITA MEU BLOG

Cadinho RoCo disse...

São episódios que ficam cravados na lembrança.
Cadinho RoCo

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Ana!Parabéns para sua mãe e que bom que ficaram todos juntos.

Muito bom ter voltado!!!

Beijos!Sonia Regina

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Oi,Luciana!Que bom ter vindo me visitar!

Insista com sua mãe pois eu era igualzinho,até o caixa eletrônico eu achava que mordia,até que ganhei o computador dos meus filhos e escondidinho,comprei uns manuais,fui mexendo e deu tudo certo.Ela não sabe o que está perdendo,hoje é minha melhor distração:faço o que gosto(escrever)e aprendo muito!

Vou visitá-la,com certeza!

Beijos!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Cadinho!Sempre usando a palavra mais correta:"episódios cravados".

Adorei a visita!

Beijos!Sonia Regina.