QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

terça-feira, 22 de junho de 2010

QUIETA


O interfone toca

e não respondo...

A campainha estala

e eu me calo...

O telefone soa

e eu, à espreita,

olho-o impassível.

Pra mim a vida passa assim:

se não quero não respondo,

emudeço, me deixo

e tenho a impressão,

apenas sensação,

de que não me queixo.

*****

Sonia Regina/1992

21 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Assim eu me calo tb.

beijooo.

Angela Guedes disse...

Oi Sonia!!!
Muito bonito este poema, tenho momentos na vida que são assim.
beijinhos
Ângela Guedes

Viviana disse...

Querida Sónia

Entro aqui como que em terreno sagrado.

É em recolhimento, e expectante...que me abeiro dos seus sentimentos expressos nestas poucas e mágicas palavras que nos oferece.

Obrigada.

Um beijo

viviana

disse...

Às vezes o silêncio é o melhor que se pode dar a si e aos outros. Se as pessoas soubessem disso, elas praticariam mais o silêncio.

neli araujo disse...

Oi, Soninha querida!

Já tinha lido este teu poema ontem, mas não estava conectada no blogger e estava com pressa...:)

Achei ele muito legal, e muito verdadeiro...às vezes a gente tem que emudecer para não levar adiante algo que nos machuca...

embora o calar não nos faça nada bem, ajuda a não magoar os outros que nos magoaram primeiro...

Puxa, 1992, e tão atual!

beijocas carinhosas,

Neli

Juliana Lira disse...

Perfeito, andei querendo silenciar também...

E por falar nisso, vim pra agradecer.O apoio e o conselho, isso vai passar tenho certeza.

Obrigada por tudo!

Milhões de beijos

SAULO PRADO disse...

Quietude...

Aquieta-se o barulho de seu grito
Em nosso mundo de atritos
A alma se engrandece
Em emoções que se aquece

O silêncio se faz necessário
Ela se esconde atrás do armário
Esconde-se de sua forte feminilidade
Prefere a dor a falar umas verdades

Mas é no silêncio que se encontra a razão
Onde quem mais grita é a voz do coração
E assim dos seus olhos brota a lagrima do verso
E ela escreve poesia com forte sabor do que é certo....

Mesmo no seu silencio, você grita ao nosso coração, minha doce amiga...

Beijos

Sandra disse...

TEM ALGUÉM COMIGO HOJE NESTE CANTINHO
http://sandraregina7.blogspot.com/
VOU TE ESPERAR POR LÁ.
SANDRA

Sonhadora disse...

Minha querida
Há momentos que são assim, quietos parados...mais nada.

beijinhos com carinho
Sonhadora

Sandra Botelho disse...

tem dias que a vontade é que o chão se abra e nos engula...Bjos achocolatados

Andréia disse...

Sabe Querida Sonia ..
Ah muito tempo aprendi a adquirir este dom..
Não me queixo , somente me calo..
E tenho evitado muita coisa.
Beijos querida e um otimo final de semana




__00000___00000 *.*. * * .
_0000000_0000000. * . * . * . * .* ..
_000000000000000. * .
__0000000000000 * . * * .*
___00000000000 * . *. *
_____0000000 * . *. * . * . *
_______000

Graça Pereira disse...

Ás vezes, o silêncio faz bem...areja a alma!
Mas meu Deus, Sónia...que bela foto de Niterói...eu fiquei siderada! Parece um postal que eu vou guardar para sempre...
Penso em ti...estou contigo!
Beijo carinhoso
Graça

Helinha disse...

Minha amiga linda...

Esse poema tocou-me bem lá no fundo, viu...

Pois foi como se eu tivesse dito essas palavras!

Sou mesmo assim... Em alguns momentos busco por essa solidão... onde fico comigo mesma... é quando preciso mesmo me encontrar...

Lindo, como tudo que vem de você!

Beijos!

E.Suruba disse...

Puxaaa
*.*
sério, parece bossa :)
bjo
bom fds

VANUZA PANTALEÃO disse...

Oiiiii, amiga linda de Niterói!
Pensar que eu fiquei um tempinho assim, nas férias: sem telefone, sem PC, abraçadinha, no frio, com meu benzinho, maridinho paulista do interiorrrr (com sotaque).
Mas chegou a hora de voltar e o faço de coração aberto, pois amo a todos com quem convivo por aqui, assim como se fossem uma extensão da minha família. Guilherme, se entusiasmou tanto com a "missão" que fez um blog, rsrs.
Lindo domingo e ótima semana, Sonia!!!Bjssss

AFRICA EM POESIA disse...

Sonia Regina


Saudades amiga.
fico feliz por vêla aqui.
pois Foi das primeiras amigas que tive quando aqui cheguei.


UM Beijo E LINDO POEMA...

Guilherme Pantaleão disse...

Obrigado! Poema muito bonito o seu! Substituir minha mãe é uma responsabilidade! Um grande abraço!

Pelos caminhos da vida. disse...

Fica aqui o convite meu e da Marcia para conhecer o mais novo blog, esse será direcionado para nós mulheres, o link é esse aqui;

http;//meninaspoderosasdoblog.blogspot.com/

Será um prazer te ver por lá.

Obrigada.

beijooo.

Ao toque do Amor disse...

Oi, sonia
Obrigada pela visita, viu!
vi, suas fotos, que praia linda, ai que vontade que dá. nem me lembre faz 3 anios que não vejo o mar.
Ah..vc tem 4 netinhos, são lindos, certamente a vovó mima demais e faço isso com o Didi(meu netinho)
bem..vim, te oferecer o selinho plantinha da amizade
Te gosto muito viu!
san

Sandra Botelho disse...

Vim deixar-te um beijo...
E desejar uma linda semana!

Fátima disse...

Entendo você minha querida, tem momentos em que só o silêncio é a melhor palavra.

Beijo no coração.