QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

DOCE AMOR DE OUTONO


O meu doce amor de outono

tem jeito de primavera:

todos os dias uma flor
das sementes que plantei!
***


Meu sincero amor de outono

tem cantar de passarinhos

a construirem seus ninhos

no aconchego dos beirais.
***


Meu tímido amor de outono

semeei sem permissão

do senhor de tantas flores

que habitam seu coração.
***


Meu sonhado amor de outono

se vai sem me conhecer,

se vai florido e amado,

deixando, sempre, de lado,

o jardim que fiz crescer!!!

****

Sonia Regina, 07/10/2010

35 comentários:

Ana Agarriberri disse...

Que belo poema! Um presente pra nós teus seguidores.

Feliz com tua visita. :)

Beeejo,beeejo.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga.

Depois de alguns dias de distância
estamos voltando ao convívio dos
amigos que aprendemos a gostar.
Obrigado pela amizade
e pelas palavras
que tornam a nossa vida
mais bonita.

Sua amizade é preciosa para mim.

Sonhadora disse...

Minha querida
Lindo e nostálgico o teu poema.


Meu sonhado amor de outono
se vai sem me conhecer,
se vai florido e amado,
deixando, sempre, de lado,
o jardim que fiz crescer!!!

Como este poema fala verdade, minha amiga.

Beijinhos com todo o meu carinho
Sonhadora

Vanuza Pantaleão disse...

Soninha, querida!
Eu já tava me coçando pra vir aqui, rs.
Obrigada por tanta gentileza, obrigada!

O Amor nos "ataca" em todas as estações e isso é bom demais...

Seus Poemas são por demais ternos, eu os amo!

Um final de semana muitoooo legal com a família todinha reunida!!!Bjsss

Pelos caminhos da vida. disse...

Que lindo Doce Amor de Outono, obrigada amiga por mais essa linda partilha.

Fim de semana de luz.

beijooo.

SAULO PRADO disse...

Entre nós dois


Entre o verão e o inverno existe o outono
Entre eu e você existem nossos sonhos
Entre o inverno e o verão existe a primavera
Entre eu e você não existe angustia de espera

Entre o sol e a lua existe o entardecer
Entre eu e você só existe o querer
Entre a lua e o sol existe a alvorada
Entre eu e você só existe uma estrada

Entre o coração e a solidão existe a saudade
Entre eu e você só existe felicidade
Entre a solidão e o coração existe a dor
Entre eu e você só existe o nosso amor

O seu doce amor de outono me inspirou este casal dos sonhos...

Adoro você minha doce amiga; sobre seu comentário em meu post "Ego Em Preto e Branco", não precisa ficar preocupada é que eu adoro usa as palavras cruas...

Mas ainda sou um sonhador...

***branca*** disse...

Adorei o seu blog!! e perfeito de bom gosto.Parabens.Beijos de amor proibido.

Sandra Botelho disse...

Lindo de ler e de viver.
Bjos achocolatados

E.Suruba disse...

Ei! como vc tá? Fazia tempo que não vinha aqui! Bjos

Pérola disse...

Eu voltei minha flor.
Saudade dessa belezura de blog.
Parabéns sempre.
Um beijo grande.

Elenir disse...

O passeio por aqui foi delicioso... voltarei sempre!
Bjs

REGINA GOULART SANTOS disse...

Sonia Regina, seus versos são como um sândalo, que encantam e nos fazem flutuar, que nos transmitem ternura e muito amor, do tipo que nunca irá fenecer e que ainda se vive a sonhar.

Muitos beijos minha querida.

Thais Allana disse...

nossa que mágico....
que amor....
perfeito
beijos

Tábata disse...

Muito gostoso de ler seu blog, adorei.
Vou voltar mais vezes.

Super beijo!

Malu disse...

Sonia,


Seu blog é Lindo !

E dou logo de cara com a praia
da Boa Viagem , em Niterói.
Como brinquei nessa praia , nessa ilha ...Rs
Adorava brincar de escalar até o
pátio da igrejinha e brincar
de queimado com os amigos.
Obrigada pela ótima recordação. :)

Bjo Grande .

Malu disse...

Sonia ,

Pode saber que estarei sempre por aqui .
Matando saudade , relembrando meninice , etc ...

Seu blog tem magia , tem paz , tem beleza , tem luz!

Adorei e feliz demais com seu cometário e presença no meu
cantinho ... :)



BjO Grande e uma Tarde de Sorrisos.

Vanessa disse...

Amei teu blog!!!!

Faz uma vistinha no meu se puder?

Bjos e bjos!

http://ameninaqueroubavaasimesma.blogspot.com

Ana Martins disse...

Boa noite Sónia,
tão bonito, dá até para ser cantado!

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Graça Pereira disse...

Não me digam agora que o Outono não inspira doces poemas???
Lindo, Soninha! Perpassa alguma tristeza mas tambem há a alegria de quem soube construir um jardim!
Mil beijos
Graça

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

Sonia...
Que o amor cresça em todas as estações.
Belo poema !

bj

Vieira Calado disse...

Tem todo o jeito de ser um lugar lindo

onde tem as raízes,

sim senhor!

Saudações poéticas

Andréia disse...

Ai soninha tão gostoso passar por aqui e me deleitar com seus poemas de amor tão ternos


beijos minha querida e doce amiga

Pelos caminhos da vida. disse...

Vim deixar um gde abraço a vc amiga.

Obrigada pela sua companhia.

beijooo.

Vanessa disse...

Adorei o blog e estou te seguindo!
Obrigada pelo conselho, vindo de você é muito importante.
Bjos

Atreyu disse...

teus textos são tão doces! Linda imagem!!!

Sandra Botelho disse...

passando pra te desejar um lindo final de semana. Linda moça dos olhos de céu.
Bjos achocoaltados

ONG ALERTA disse...

Eterno amor, beijo Lisette.

neli araujo disse...

Sonia querida,

Seu "Doce Amor de Outono" me deixou emocionada neste sábado pela manhã!

Que lindo e doce poema, amiga!

é, o outono da vida tem destas coisas...deixa a gente um pouco melancólica...:)

beijo carinhoso,

neli

Sonia Pallone disse...

Lindo poema Sonia, vale sempre a pena, separar um tempo para vir conferir suas atualizações, pena que tenho estado tão atribulada, que tenho deixado esse prazer esperando... Saio daqui renovada, com sabor de poesia, pulsando, à flor da pele... Bjs.

Pérola disse...

Boa tarde minha flor.
Aqui a gente viaja mesmo né,lindo poema.
Parabéns.
Beijokas e uma linda tarde.

Jucemir disse...

É coisa séria ou é poesia - coisa muito mais séria e perigosa-?

Jucemir

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Jucemir!

Sério mesmo é a alegria de ver você por aqui:some e nem se explica...

Já viu alguém que tenta fazer poesia escrever com seriedade?

Fernando Pessoa já disse isto com muita propriedade!

A gente escreve para expor beleza e -quem sabe?- sentimentos, mesmo que não realizáveis!

Meu carinho!

Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jucemir disse...

“Já viu alguém que tenta fazer poesia escrever com seriedade?”
Acho que sim.
Quanto a Fernando, não esqueçamos que, logicamente, a negação da negação da negação da negação da negação da negação da negação da negação é uma afirmação. (Se é que não me perdi nessa multiplicação algébrica.)

Jucemir

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Jucemir!

Você sabe bem que não se perdeu...

Negações que são afirmações...quem sabe não quiz fazer o mesmo com o meu "doce amor de outono..."

Poemas não são fatos são sentimentos,quase sempre,mascarados entre palavras!!

Meu carinho!

Sonia Regina.