QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

domingo, 18 de janeiro de 2009

O PÁSSARO


Como suportar dias sem te "ver"?
Como viver sem teu "sorriso",
teu jeito de falcão pronto pra voar?
Preciso de tua energia,
tua força, tua magia.
Queria-te, agora, ao meu lado,
só meu, no meu tolo brincar
de faz-de-conta.

Foste "entrando" em minha vida
sem licença,
invadindo cada pedaço de mim;
porque vivo em pedaços.

Fui fazendo-me forte,
fui crescendo, mesmo de mentira,
cada dia sendo mais tua.

Hoje, tanto te precisava
pra me energizar,
sem culpas, minha ou tua,
tua falta se fez.
Doeu não te "ver",
não "sentir" teu olhar.
Como te saber tão amado?

Te amo, sim,
te amo em tua "figura"
simples e terna,
forte e doce!
Ponho-me a imaginar
o "toque" leve de tuas mãos
em meu rosto, em meus braços...
e meus sonhos seguem adiante
até que eu adormeça...

Sonho com a segurança
ao lado da tua paz,
junto da tua força,
sabendo com o teu saber.

Se nunca mais eu te "visse",
por dias fatais ou "desencontros",
saiba que foram meus últimos
dias de emoção,
emoção unilateral,
sem volta, sem resposta,
sem que sequer saibas
que ela existe.

Mas meu coração bateu,
respirou, voou como garça,
tocou violão, acarinhou pássaros,
sempre contigo e em ti
sem que sequer o notasses.

Te amo, sem que o percebas,
sinto falta de "gestos" e "carinhos"
que não tive,
morrendo mais depressa
antecipando a dor
do nunca mais te "ver"...

Virá, então, a saudade
do pássaro mais doce,
mais leve, mais forte,
mais terno, mais colorido
e querido que já existiu!

***


Sonia Regina, fevereiro / 1990

23 comentários:

Juliana disse...

esses pássaros hein ...

a paixao e o amor andam visitando varios blogs ... tenho notado isso hahaha

bjos!

neli araujo disse...

Soninha querida,

Que lindo e "doído" o teu poema!

É, infelizmente a gente tem que deixar a porta da gaiola aberta...às vezes nossos pássaros voltam, outras levantam voo e deixam esta saudade doce e sofrida!

beijinhos e tenha uma linda semana, amiga!

Nelinha

Maysa disse...

Lindissimo poema,senti cada palavra vendo meu amor.
aiiii!!!lindo.
beijos e abraços
Maysa

carmen disse...

Nossa, você foi fundo... e leve ao mesmo tempo...

Uma linda poesia, doce, terna e apaixonante.

bjs

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Soninha, tudo bem?
Menina, que luta nesse final de semana para poder te comentar! O "engraçadinho do blogger" que já gosta de aprontar, me tirou sua senha e lá fiquei: no vai e vem e nada!
Bem, mas agora, aqui estou para me deliciar com essa "saudade" que também é minha...saudade dói mesmo! Também para lhe agradecer pelo "selo de ouro" que colocarei na próxima postagem, já a caminho, pois faço muitos ajustes nos meus textos, senão ficam piores do que já são, rssss.
Uma belíssima semana, amiga!!!Bjs

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Oi,Juliana!As mulheres são assim:sonhadoras e saudosas,às vezes até do que jamais possuiram...

beijos,Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Neli!Este pássaro jamais esteve em uma gaiola e jamais me pertenceu;apenas imaginação...

Beijos voadores,Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Maysa!Faz-me feliz saber que se viu em meu despretencioso poema...

Beijos,muitos,Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Carmen!Comentário delicioso,tudo que quem escreve quer "ouvir".

Beijos doces,.Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Vanuza querida!Que modéstia é essa?Seus textos são excelentes,pena não serem constantes.Gostaria de encontrá-los todos os dias em seu blog!

É,saudade dói,principalmente aquela do que nunca se possuiu!

Beijos,querida amiga!Sonia Regina.

Cadinho RoCo disse...

Lindo demais.
Pintar as camisetas com minha caligrafia foi mesmo uma aventura. Mas no final deu certo. Minha vida hoje é transpirar amor.
Cadinho RoCo

Vivian disse...

...nooooossaaaa, linda!

quanta inspiração deixastes
aqui, em forma poética!

o amor sempre vale a pena,
mesmo que seja somente
em saudades.

obrigada pelos carinhos,
minha linda amiga!

bjusss

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Cadinho!Obrigada pela visita!

Tudo que "conheço" de você respira Amor:seus textos,sua arte,seus sentimentos...

Um beijo,Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Oi,Vivian!A certa altura da vida só nos resta a saudade...

beijos,amiga,Sonia Regina.

Pelos caminhos da vida. disse...

Otima terça-feira para vc amiga.

beijooo.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Amiga Ana!para você também!

Beijos de terça-feira,Sonia Regina.

disse...

Olááá
Tudo bem? Espero que sim.
Adoro suas visitas no meu blog!
Muito obrigada amiga!
Desculpe se demoro pra voltar aqui....mas saiba que sua amizade é muito importante para mim.....
Admiro demais tudo que faz aqui!!
Beijos

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Obrigada,So!Também gosto muito de sua "amizade" e da jovialidade de seu blog!

Beijos joviais,Sonia Regina.

Déia Arakaki disse...

Um grande beijo para voce tambme minha amiga anjinha!!!
Otima noite pra tí!!

Jucemir disse...

Sonia, onde é que “O Pássaro” estava desde fevereiro de 1999? Embrulhadinho embaixo de uma caixinha de música?
1999 e só agora aquiesceste em partilhá-lo?
(Ou será que eu é que me atrasei e cheguei no meio da aula?)
Sê menos parcimoniosa com teus visitantes, socializa tudo o que escreveste.
Coisas de Sonia coisa nenhuma...Tem que expropriar.

Beijo.

Jucemir

P.S.: Se outra vez tiveres dúvidas, me zangarei contigo

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Oi,Implicantezinho!Coisas de quem gosta de escrever...Justamente para dirimir dúvidas coloco as datas em que foram escritas.Este pássaro voou pelas minhas recordações em 99,foi para o papel na mesma data e agora passeia pela internet.Resolvi soltá-lo...
Deu para entender?
Se não entender repito a aula.Realmente nesta época você estava no jardim da infância!

Beijo,adoro quando me visita!

Jhacy disse...

Lindo poema, Soninha,
me permita postá-lo no meu blog,
pois ele reflete tudo o que sinto no momento,
beijo grande pra ti.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Querida Jhacy!Muito me orgulha vê-lo publicado em seu blog...

Um beijo,Sonia Regina.