QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

sexta-feira, 24 de abril de 2009

ENVELHECER :COM MEL OU FEL?



Conheço muitas pessoas que estão envelhecendo mal. Desconfortavelmente. Com uma infelicidade crua na alma. Estão ficando velhas, mas não estão ficando sábias. Um rancor cobre-lhes a pele, a escrita e o gesto. São críticos azedos, aliás estão ficando cítricos sem nenhuma doçura nas palavras.

Estão amargos. Com fel nos olhos.E alguns desses, no entanto, teriam tudo para ser o contrário : aparentemente tiveram sucesso em suas atividades. Maior até do que mereciam. Portanto a gente pensa : o que querem? Por que essa bílis ao telefone e nos bares ? Por que esse resmungo pelos cantos e esse sarcasmo que se pensa humor ? Isto está errado. Errado, não porque esteja simplesmente errado, mas porque tais pessoas vivem numa infelicidade absurda.

E, ademais, deveria-se envelhecer maciamente. Nunca aos solavancos. Nunca aos trancos e barrancos. Nunca como alguém caindo num abismo e se agarrando nos galhos e pedras, olhando enquanto despenca. Jamais também, como quem está se afogando, se asfixiando ou morrendo numa câmara de gás.Envelhecer deveria ser como plainar. Como quem não sofre mais (tanto), com os inevitáveis atritos.

Assim como a nave que sai do desgaste da atmosfera e vai entrando noutro astral, e vai silente, e vai gastando nenhum-quase combustível, flutuando como uma caravela no mar ou uma cápsula no cosmos.Os elefantes, por exemplo, envelhecem bem. E olha que é uma tarefa enorme. Não se queixam do peso dos anos, e nem da ruga do tempo, e , quando percebem a hora da morte, caminham pausadamente para um certo lugar - o cemitério dos elefantes, e aí morrem, completamente, com a grandeza existencial só aos sábios permitida.

Os vinhos envelhecem melhor ainda. Ficam ali nos limites de sua garrafa, na espessura de seu sabor, na adega do prazer. E vão envelhecendo e ganhando vida, envelhecendo e sendo amados, e, porque velhos, desejados. Os vinhos envelhecem densamente. E dão prazer.O problema da velhice também se dá com certos instrumentos. Não me refiro aos que enferrujam pelos cantos, mas a um envelhecimento atuante como o da faca.

Nela o corte diário dos dias a vai consumindo. E no entanto, ela continua afiadíssima, encaixando-se nas mãos da cozinheira como nenhuma outra faca nova.Vai ver, a natureza deveria ter feito os homens envelhecerem diferente. Como as facas, digamos, por desgaste, sim, mas nunca desgastante. Seria uma suave solução: a gente devia ir se gastando, se gastando, se gastando até se evaporar. E aí iam perguntar: cadê fulano? E alguém diria: gastou-se foi vivendo, vivendo, e acabou. Acabou, é claro, sem nenhum gemido ou resmungo.

Isto seria muito diferente de ir envelhecendo por um processo de humilhações sucessivas, como essa coisa de ir deixando rins, pulmões, dentes e intestinos pelas mesas de cirurgia, numa mutiladora dispersão.

Acho que o que atrapalha alguns maus envelhecedores é a desmesurada projeção que fizeram de si mesmos. Se dimensionaram equivocadamente. Deveria ser proibido, por algum mecanismo biológico, colocarmos metas acima de nossas forças.Seria a única solução de acabar com a fábula da raposa e as uvas. Assim a raposa não envelheceria resmungando por não ter devorado o que não lhe pertencia.

Deveria, portanto, haver um relais, que desligasse nossos impulsos toda vez que quiséssemos saltar obstáculos para os quais não temos músculos.Assim sofreríamos menos e não amargaríamos não ter tido certas mulheres, conquistado certos reinos, escrito certas obras primas.A literatura tem lá seus personagens-símbolos a esse respeito: o Fausto e Dorian Gray.


Apavorados com a velhice e a morte, venderam a alma ao diabo, e em troca pediram a juventude de volta. Não deu certo. O diabo não joga para perder. Dizem que a única vez que foi realmente derrotado foi naquela disputa com o próprio Deus a respeito de Jó. Mesmo assim, deu um trabalho danado.Especialistas vão dizer que envelhece mal o indivíduo que não realizou suas pulsões eróticas essenciais; que deixou coagulada ou oculta uma grande parte de seus desejos.


Isto é verdade. Parcial porém. Pois não se sabe por que estranhos caminhos de sublimação, há pessoas que, embora roxas de levar tanta pancada da vida, têm, contudo, um arco-íris na alma.Bilac dizia que a gente deveria aprender a envelhecer com as velhas árvores. Walt Whitman tem um poema onde vai dizendo: " Penso que podia viver com os animais que são plácidos e bastam-se a si mesmos".Ainda agora tirei os olhos do papel e olhei a natureza em torno. Nunca vi o sol se queixar no entardecer. Nem a lua chorar quando amanhece.



Affonso Romano de San'tanna.30/07/1987

26 comentários:

Viviana disse...

Querida Sónia,

A minha amiga sempre nos surpreende!

Encontramos aqui coisas muito belas e muito interessantes...

São uma inspiração.

Obrigada, muito obrigada.

Continue

Um abraço

viviana

renato_oliveira disse...

Oi, Soninha!

Excelente post, com um subtil toque de quem sabe o que diz e do que escreve!

Mas sabe, Sonia, que quando É Deus a mandar, até o diabo obedece!

Um dia lá aparecerá um relais pronto para desligarmos a "máquina"!

Gostei do termo que aplicou "realizou suas pulsões eróticas essenciais"! E pode ter a certeza que é muito verdade o que escreve!

"O verdadeiro amor não consiste em tentar corrigir os outros, mas alegrar-nos ao ver que as coisas são melhores do que esperamos"!

E um grande amor, traduz, quase sempre, em Felicidade!

Beijinho e B.F.S.

Renato

Menina Robô disse...

Verdade, pessoas próximas de mim, até mesmo da família estão envelhecendo assim, sem perpectiva e sonhos, torando-se amargaa para a vida.
Não quero me tornar assim... hoje mesmo estava comentando com minha mãe,acho q vou ser uma idosa calma e ela confirmou q eu irei ser menos estressada do q ela.
A juventude é o espelho da velhice...

Tenhas um ótimo FDS.

Beijos!

Maria Emília disse...

Muito bonito, li várias vezes porque me encheu os olhos e a alma e não sabia como comentar. Essas pessoas que não sabem envelhecer não são mesmo elefantes, vinhos ou facas. O problema é que levaram a vida preocupados com o seu ser e nunca pensaram em viver. Precisavam de dinheiro para se manter mas nunca pensaram em viver. Falavam dos seus haveres, sabiam conjugar o verbo ter, mas nunca pensaram em viver.

Um grande abraço,
Maria emília

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Viviana!Encontrei este texto entre meus papéis e o redescobri!!!

Também me encantou e muito!!!

Obrigada por sua presença constante!

Beijos com carinho!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Renato!Com certeza, do relais Deus é quem cuida e comanda...

Um grande amor ,até mesmo irrealizado,nos faz dar valor a todas as pequenas maravilhas do dia a dia.

Obrigada por seu carinho de sempre!

Beijinho e um bom fim de semamna!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Menina Robô!Estar feliz é um aprendizado em todas as etapas da vida.Conserve,mesmo,a sua alegria por toda a existência!

Beijo com carinho!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Maria Emilia!Como diz o compositor popular:"Viver e não ter a vergonha de ser feliz.."E a felicidade está nos detalhes das pequenas coisas!

Beijos!Sonia Regina.

Jo. disse...

Sabe, acho que algumas pessoas acreditam que devem fazer cumprir em suas vidas aquele comentário que todos dizem "vai ficando velho, vai ficando cada vez mais ranzinza". Mas não deve ser assim! Se tem uma coisa que as pessoas evitam é o baixo astral, infelizmente ele não depende de idade.
Tomara Deus que envelheçamos como o vinho: sendo desejados. Mas temos que fazer por onde, né?
Bjim.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Jo!Com certeza,só o que envelhece é o corpo,é natural,mas nosso espírito deve ser jovem e feliz em qualquer idade!

Beijos!Sonia Regina.

Pelos caminhos da vida. disse...

Para aquelas pessoas que fazem meu coração sorrir...
Para a galera que sempre esteve junto até mesmo quando eu não estava disposta...Para a pessoa que eu esperava que me chutasse quando caí, e que foi uma das primeiras que me ajudou a levantar...Para as pessoas que fizeram a diferença em minha vida...Para as pessoas que quando olho para trás, sinto muitas saudades...Para as pessoas que me aconselhara quando me senti sozinha, e me ajudaram a entender que não importa em quantos
pedaços meu coração tenha se partido, pois o mundo não irá parar para que eu o conserte...Para as pessoas que me deram um força quando eu não estava muito animada.Para as pessoas que amei...Para as pessoas que abracei...Para as pessoas que encontro apenas em meus sonhos...Para as pessoas que encontro todos os dias e não tenho a chance de dizer tudo o que sinto olhando nos olhos...Para mim...O que importa não é O QUE eu tenho na vida, mas QUEM eu tenho na vida...Por isso...Guardo todas as pessoas importantes da minha vida em uma caixinha dentro
do meu coração...

Fim de semana de luz amiga.

beijooo.

meumundoquadrado disse...

A velhice nos espera
Como uma amante saudosa no cais
Ela é sedenta mais nunca lilás
Para alguns ela é o principio do fim
Para outros, ela é a porta para eternidade

Certeira como as flechas de Olliver
A velhice não deixa saudade
E sim traz saudades
Ela é mágica, leve e solta
Para quem sabe vive-la

Só quero da velhice
A certeza de tê-la;
Em minhas mãos
Como a busca
Eterna pelas estrelas...

Saulo Prado


Obrigado por mais um grito em forma de encantos....

E o pensamento voa... disse...

Soninha querida,

Finalmente consegui vir aqui deixar um recadinho, amiga!

Ainda não conhecia este escritor "Affonso Romano de San'tanna". Gostei muito de suas palavras!

Temos que saber envelhecer com dignidade, e aceitar nossas limitações decorrentes da idade.

Embora isto não seja nada fácil, é preferível um "velho" com mel a um "velho" ranzinza!

beijinhos carinhosos, amiga!

Neli

JC disse...

Olá Sónia!
Belo texto. Não estava nada à espera de encontrar um texto que abordasse este tema. Mas o que é certo é que o fazes de uma maneira sublime.
Muitas pessoas criaram um mundo de imponência, superiores a tudo e a todos, donas e donos do mundo e da verdade; provavelmente supunham que nunca envelheceriam que o dinheiro lhes compraria a jovialidade para sempre. Mas não. São como todos os outros. Também envlhecem. E são estes que não conseguem viver nem conviver com essa realidade.
Parabens pelo texto
Beijinhos

Angela Guedes disse...

Oi Sonia!!!
É isto mesmo, outro dia eu estava comentando exatamente isto...
Que eu não queria me tornar uma velha que vive resmungando pelos cantos como vejo por aí.
Adorei o texto, amiga.
Bejos.
Angela

Pelos caminhos da vida. disse...

Hoje ainda será melhor do que ontem!" Este deve ser seu
pensamento para todos os dias. Acredite, confie em seus planos e a
vida será cada vez melhor. Os seus pensamentos irão determinar o
tipo de vida que você vai ter. Portanto, tenha pensamentos positivos,
de esperança. Confie! Se você pensar que as coisas boas lhe
acontecerão, isto se tornará realidade. Afinal, nosso pensamentos
são como ímã: se você pensar em coisas boas, só atrairá coisas
boas. Se você pensar em coisas ruins, elas virão rapidamente! A
decisão é sua!

(Louise Hay)

Uma semana abençoada pra vc amiga.

beijooo.

Verônica disse...

Sabe eu tenho medo de envelhecer... principalmente triste..
vejo aqueles velhinhos juntos, marido e esposa, acho tão lindo...envelhecer juntinhos...com carinho...acho que serei uma velhinha boazinha!!!

Viviana disse...

Querida Sónia,

vejo desejar-lhe uma boa noite de descanso, e deixar-lhe o meu abraço

viviana

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Ana!Lindo texto!"...Guardo todas as pessoas importantes da minha vida em uma caixinha dentro
do meu coração..."

Você também está bem guardadinha em minha caixinha!!!

Beijos!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu poeta!Uma beleza de comentário!!!

Obrigada por ouvir meus gritos...

Beijos!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Olá Neli!Este autor escreve mais em jornais,mas é um cronista maravilhoso e um poeta de primeira grandeza.É casado com a Marina Colasanti e ,não sei se ainda está no cargo,administrava a Biblioteca Nacional aqui no Rio.

Sobre ser velho:-O que é isto?A velhice com mel é aquela que não toca o espírito,por mais rugas que a gente tenha!!!

Beijos,amiga querida!!!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

JC!Tudo na vida envelhece e nada é capaz de impedir isto.No entanto podemos minimizar sendo agradáveis,risonhos,felizes,sem culparmos o mundo pelo passar do tempo e com o que ele faz conosco!!!

Cada idade tem seus encantos e a velhice não foge à regra!

Obrigada pela visita e pelo belo comentário!

Beijos!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Oi,Angela!Penso que o segredo é não perder a curiosidade,a alegria e os pequenos prazeres.Sendo assim não há humor azedo que nos pegue...

Beijos joviais!!!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Ana!Mais um belo texto!!!Obrigada!!!

Beijo com carinho!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Veronica!Não gosto muito da palavra velhinho,senhorinho é mais bonitinho,mais leve.

Penso que o segredo é fazer o que lhe faça feliz,aproveitar os minutos e não se olhar muito no espelho,rsrsrs!!!

A gente pode ser uma senhorinha feliz mesmo estando sozinha,digo, sem companheiro:Filhos,netos e amigos são uma delícia no envelhecer...

Beijos carinhosos!!!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Viviana!Obrigada pelo carinho!tenha também uma noite bem descansada!!!

Beijos!Sonia Regina.