QUEM SOU EU...


"Ninguém pode calar dentro em mim esta chama que não vai passar, é mais forte que eu e não quero dela me afastar....



Eu não posso explicar quando foi e nem quando ela veio, mas só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo em que creio..."(Maysa)



Com as outras dores fazem-se versos...com as que doem,grita-se! (Fernando Pessoa)













Quem "grita" como eu......

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!

NITERÓI, LUGAR ENCANTADO!!!
Luar dando espetáculo na praia da Boa Viagem!"

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

BRASA



Esse queimar sem fim
que me atormenta
é um queimar
do que jamais ardeu:

ficou calor aceso
em brasa ardente
em uma chama
que nada acendeu.

Qual é esse mistério
da brasa arder sem chama?
De onde vem o ardor
que a brasa faz em mim?

Ficou no impossível
a chama que não se acendeu,
ficou no nunca mais
aquele fogo que jamais ardeu.

***

Sonia Regina, 27/08/1998

16 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida
Um belo e nostálgico poema.

Ficou no impossível
a chama que não se acendeu,
ficou no nunca mais
aquele fogo que jamais ardeu.

Como eu sei do que fala.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Sonhadora!

Sinto que somos parecidas...

Um beijo!

Sonia Regina.

Vanuza Pantaleão disse...

Soninha, tudo bem?
Tem que estar, com essa chama poética que arde em ti, tem que estar...

Querida, a malícia da humanidade nunca se extinguirá, mas os meios como a mesma nos fere mudam e ficam "mais refinados". Porém, a dor...ah, a dor sempre é a mesma.
Ser perseguida na net por anos a fio e até pelo fio do nosso telefone não é mole, Sonia. Você já imagina do que e de quem estou falando.

Fica com Deus e obrigada pelo carinho!!!Bjsss

Sergio disse...

Sabias que és um dos meus amig@s? Venho agradecer-te por existires e seres um del@s...! Se vais ao meu blog saberás a que me refiro... e se queres levas contigo o regalo que, com muito carinho, está pensado para pessoas como tu...!
Mereces mais..., mas é o melhor que posso dar-te hoje... És um presente para mim... E é o que eu posso oferecer-te, hoje, a ti...

Um abraço.

Sergio

SAULO PRADO disse...

Completo


Este fogo que te queima
Quem me dera ser a lenha
A fogueira do louco desejo
Onde sobram de cinza os segredos

Mas nem tudo que esquenta
Neste mundo vale a pena
O fogo pode ser só prazer
Bem menor que este meu querer

Pois alem do jogo da sedução
Sexo para mim vem com coração
Porque o amor é mais que um cristal
E não basta lapidar para o sexo ser integral...

Saulo Prado

PS: É muito bom beber de seu talento, e criar meus inventos, porque versos é inspiração e eu sinto um grande prazer, de colher do seu coração....

Sonia Pallone disse...

Lindo Sonia! Palavras tecidas e desenhadas pela pena de um
coração poeta...

Jhacy disse...

Lindo este poema, ás vezes precisamos muito sentir as chamas deste fogo e tem momentos que ele custa a arder, rsrs
Bjs.

Vanuza Pantaleão disse...

Oi Sonia, deu um "tilt" aqui na hora em que te enviava o comentário, devem ser eles, pode crer. Enfim, vou repeti-lo mais ou menos: publiquei seu comentário para que também outras vítimas dessas serpentes não se sintam tão abandonadas. Eles mexeram com quem não deviam, vão ter que me aturar. tem mais, amiga, a tal sem-vergonha não está sozinha, tem um grupinho os quais já identifiquei.
Agora vai ser questão de Honra!

Abração quente como a brasa da Amizade que nos une! Bom final de semana aí nessa linda Niterói!!!

MEUS PENSAMENTOS disse...

amiga adoro suas visitas!!!eu estava com saudades ,mais andei só postando por estar doente e cansada mais volto aos poucos. bjs e seu post um arraso!!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

*O mistério*? Eis a questão, que o poema belamente responde:
"a chama que não se acendeu,
ficou no nunca mais
aquele fogo que jamais ardeu"
"Ficou no impossível".
Lindo!

*****

"Mas há a vida
que é para ser
intensamente vivida, há o amor.

Que tem que ser vivido
até a última gota.
Sem nenhum medo.
Não mata.
Clarice Lispector"

Beijo, Sônia.
Bom Domingo e Boa semana sempre.
Renata

Whesley Fagliari disse...

Oi minha querida Sonia Regina,

Como estás?

Devo dizer que todas as vezes que venho passear por aqui percebo o aprimoramento instalado e fazendo diferença... Cada vez mais lindo o seu grito... E que maravilhosa "brasa" essa sua, hein?! Parabéns!

Obrigado pelo carinho... Perdoa não voltar mais vezes... Saiba que o carinho e amizade por ti são sinceros e verdadeiros...

Luz e paz!!

AFRICA EM POESIA disse...

sonia Regina
Ia dizer o mesmo... saudades...


Esta lágrima é de alegria pela tua visita.


LINDO POEMA
um beijo

Andréia disse...

Oi Querida Sonia!!

Ando meio sumida em relação a postar no blog e até em visitar as amigas queridas como você..
Ah Soninha essa chama é como diz em um tracho da musica de Renato Russo:
"É um fogo que arde sem se ver"
"É Ferida que dói ,mais não se sente"
"É um contentamento descontente"

Já senti esta chama me queimar e me consumir.

Beijos minha querida

Graça Pereira disse...

" Amor é fogo que arde sem se ver"...(Luis de Camões)
O teu amor em brasa
Nunca mais se há-de apagar
Não desiste e passa
Arde...num fogo sem par!

Minha Querida BRASA
Adorei este teu poema que transmite tão bem a imagem de um amor que nunca morreu...
Beijocas
Graça

Mateus Luciano disse...

misterio arder sem chama
muito bom arder sem queimar
ando correndo como louco
pra cima e para o lado
as vezes sinto saudades
as vezes sinto coragem de estar aqui ,ali !!!!

Viviana disse...

Querida Sónia

Tão bem encontradas as palavras!

Tão entendível!

Compreendo amiga, esse sentir.

Parabéns!

Um beijo

viviana